Busca

Vatican News
Dr. José Gregorio Hernández , também conhecido como "Médico dos Pobres" Dr. José Gregorio Hernández , também conhecido como "Médico dos Pobres" 

Beatificação do Dr. José Gregório Hernández em 30 de abril

A Universidade Central da Venezuela será o local da beatificação do “Médico dos Pobres”, em cerimônia a ser presidida pelo cardeal secretário de Estado Pietro Parolin, ex-núncio na Venezuela, juntamente com todos os bispos e o povo venezuelano.

Alina Tufani – Vatican News

Ouça e compartilhe!

A Conferência Episcopal da Venezuela (CEV) anunciou que a cerimônia de beatificação do Venerável Dr. José Gregório Hernández será realizada na sexta-feira, 30 de abril, no Estádio Universitário da Universidade Central da Venezuela (UCV) e será presidida pelo cardeal Pietro Parolín, secretário de Estado da Santa Sé e ex-núncio apostólico na Venezuela. No dia seguinte em Isnotú (Estado de Trujillo), cidade natal do novo beato, terá lugar a Missa de Ação de Graças presidida pelo prefeito da Congregação para a Causa dos Santos, cardeal Marcello Semeraro.

Na coletiva de imprensa realizada na sede da Conferência Episcopal venezuelana na quinta-feira, 25, o cardeal Baltazar Porras, arcebispo de Mérida, administrador apostólico de Caracas e presidente da Comissão Nacional para a Beatificação do Dr. José Gregório Hernández, explicou que a Carta Apostólica assinada pelo Papa Francisco fixou como data para a celebração litúrgica do Dr. José Gregorio Hernández o dia 26 de outubro de cada ano, que coincide com a data de seu nascimento e que “já é tradição para os venezuelanos celebrar esse dia”.

Por sua vez, o núncio apostólico na Venezuela, Dom Aldo Giordano - também presente na coletiva de imprensa - afirmou que o Papa Francisco recebeu a notícia da beatificação "com muito carinho". Ele acrescentou que durante seus anos no país percebeu "o grande carinho do povo da Venezuela” pelo Dr. José Gregório Hernández. “Foi uma ótima impressão, poucos santos são tão amados. Estou impressionado de ver nesta pessoa um grande cientista e um grande professor e, por outro lado, um grande serviço e preocupação com os pobres”.

 

Em nota divulgada pelo Escritório de Comunicações da CEV, o cardeal Porras explica que a cerimônia de beatificação será realizada na Universidade Central da Venezuela, pois foi o lugar onde “José Gregório estudou e se formou, foi professor, pesquisador e inovador da medicina na Venezuela”. Já em relação à presença do cardeal Parolin - acrescentou o cardeal venezuelano - ele disse estar "muito feliz por voltar à querida Venezuela" e espera que a beatificação "seja um momento de graça e ressurreição para todos os venezuelanos".

“Os detalhes logísticos da celebração estão sujeitos à evolução da Covid-19”, acrescentou o cardeal Porras, ao explicar que foram simulados diferentes cenários, contemplando os requisitos de segurança sanitária. “As informações serão compartilhadas à medida que a data se aproximar”, informou ele. No entanto, os organizadores confirmam que não será uma cerimônia que reunirá multidões e que, à medida que evoluírem as condições sanitárias no país, serão divulgadas informações sobre como irá decorrer a cerimônia de beatificação. “O tempo irá dizer o que é mais conveniente e tudo será informado em tempo hábil”, garantiu.

Precisamente diante dessas circunstâncias, que não permitem a facilidade de deslocamento de grande número de pessoas em função da pandemia, foi elaborado um detalhado manual de instruções para as celebrações nas dioceses, a fim de “facilitar a participação nos próprios locais para os muitos fiéis que gostariam de estar fisicamente presentes no evento”.

 

“A beatificação chega no momento mais oportuno”, acrescentou o cardeal, enfatizando que “em meio a uma crise global e uma pandemia que evidencia a fragilidade da condição humana e a necessidade de cuidar e preservar a saúde integral, não há melhor bálsamo do que recorrer à intercessão do médico dos pobres (…). Nesses momentos, José Gregorio é o melhor ponto de referência de todos os venezuelanos, sem nenhum tipo de distinção. Ele nos chama para trabalharmos juntos pelo bem das pessoas”.

Na coletiva de imprensa, na qual também foi apresentado o relicário contendo a relíquia original do Dr. José Gregorio Hernández, esteve presente Dom Tulio Ramírez, bispo de Guarenas e vice-Postulador da Causa de Beatificação e Canonização do Dr. José Gregório Hernández; Dom Raúl Biord, bispo de La Guaira e segundo vice-presidente da CEV; Dom José Trinidad Fernández, bispo auxiliar de Caracas e secretário geral da CEV e Albe Pérez, coordenador geral da Comissão Nacional para a Beatificação.

Dom Raúl Biord, em nome da Presidência da CEV, agradeceu a participação de todos na coletiva, já que “José Gregorio pertence a todos os venezuelanos”, acrescentando que a sua devoção se faz sentir a nível nacional, em todas as dioceses do país. “A Conferência Episcopal da Venezuela está feliz hoje por poder fazer esse anúncio, porque José Gregório Hernández é de todos”, disse o prelado.

O vice-Postulador da Causa, arcebispo Tulio Ramírez, destacou que a Beatificação deve significar “uma transformação para o povo venezuelano”, visto ser uma referência de paz para todos. Ele destacou o sentido espiritual da Cerimônia de Beatificação e a importância de “não nos limitarmos a um ato festivo; a transcendência que este ato traz consigo é muito essencial para a conversão do coração”.

Já se passaram mais de 70 anos desde o início do processo de beatificação e canonização do “Doutor dos Pobres”, em 1949, pelo então arcebispo de Caracas, Dom Lucas Guillermo Castillo. Em 16 de janeiro de 1986, José Gregório Hernández foi declarado Venerável pelo Papa João Paulo II. Em 9 de janeiro de 2020, a Comissão Médica da Congregação para a Causa dos Santos aprovou o milagre atribuído à sua intercessão; o mesmo aconteceu em 27 de abril de 2020 com a Comissão Teológica.

Em 19 de junho de 2020, a Congregação para a Causa dos Santos promulgou o decreto com a autorização do Papa Francisco para a beatificação do Venerável Dr. José Gregório Hernández, quarto Beato da Venezuela.

Vatican News Service – ATD 

26 março 2021, 07:00