Busca

Vatican News
Dr. José Gregorio Hernández Dr. José Gregorio Hernández 

Comissão teológica reconhece milagre atribuído à intercessão de médico venezuelano

A Congregação para a Causa dos Santos informou o cardeal Baltazar Porras que a Comissão Teológica, composta por sete especialistas, aprovou o milagre atribuído à intercessão do Dr. José Gregorio Hernández, na cura da menina Yaxury Solorzano. O arcebispo venezuelano recordou que já 102 anos, na companhia de outros proeminentes médicos venezuelanos, o Dr José Gregório deu o melhor de si para cuidar dos doentes vítimas da epidemia de gripe espanhola que causou estragos em todo o mundo.

Vatican News

Ouça e compartilhe!

"Com imensa alegria no meio dessa pandemia, recebemos boas notícias." Com estas palavras tem início o comunicado do arcebispo de Mérida e administrador apostólico da Arquidiocese de Caracas, cardeal Baltazar Porras, onde informa que a Santa Sé finalmente reconheceu o milagre atribuído à intercessão do venerável Dr. José Gregorio Hernández, um dos médicos mais queridos dos venezuelanos, professor e cientista com profunda vocação religiosa, leigo franciscano, reconhecido por sua solidariedade com os mais necessitados e lembrado por sua caridade, generosidade, retidão e serviço aos pobres.

O purpurado venezuelano, em um vídeo filmado ao lado da sepultura do futuro Beato, anunciou que a Congregação para a Causa dos Santos informou que a Comissão Teológica, composta por sete especialistas, examinou o suposto milagre atribuído à intercessão do Dr. José Gregorio Hernández, na cura da menina Yaxury Solorzano, e aprovou por unanimidade o estudo realizado sobre ele.

"Recebemos essa boa notícia como uma graça do alto, que nos encoraja a continuar em oração para implorar que nosso venerável médico seja elevado à honra dos altares e continuar pedindo sua intercessão para superar situações adversas na saúde física e espiritual, como o pedido para que a pandemia que assola o mundo inteiro cesse em breve", disse o cardeal Porras.

"O Dr. José Gregorio Hernández é um ícone venezuelano, para além dos posicionamentos ideológicos" - afirmou em mais de uma ocasião o cardeal venezuelano que agora, em meio à pandemia de coronavírus, o coloca como "o melhor exemplo de um homem que colocou toda a sua capacidade como cientista, como servidor, para o progresso da ciência e para cuidar dos mais pobres”.

O arcebispo recordou que o Dr. José Gregorio, há 102 anos, na companhia de outros proeminentes médicos venezuelanos, deu o melhor de si para cuidar dos doentes vítimas ​​da epidemia de gripe espanhola que causou estragos em todo o mundo.

"A perícia sanitária - acrescentou ele - juntou-se à forte vontade de servir aos afligidos e denunciar as falhas do sistema de saúde da época. Que melhor exemplo a seguir em seus passos e imitar sua conduta no meio da Covid-19?”.

Depois de garantir que nesse longo caminho até a beatificação ainda falta a Plenária de cardeais e bispos e a aprovação do Papa Francisco, o cardeal Porras convidou a continuar em oração sincera, e esperançosos que sua fama de santidade e intercessão proclamada no coração do povo venezuelano se estenda pelo mundo inteiro como um exemplo heroico de entrega a Deus e ao próximo.

E concluiu:  “Les recuerdo siempre, ¡José Gregorio Hernández va por muy buen camino!”

29 abril 2020, 07:52