Busca

Vatican News
O Papa conferindo de perto as atividades realizadas dentro da Sala Paulo VI em 2020 O Papa conferindo de perto as atividades realizadas dentro da Sala Paulo VI em 2020 

Colônia de férias para crianças e adolescentes está de volta ao Vaticano

De 21 de junho a 31 de julho, a Sala Paulo VI e os Jardins do Vaticano vão se transformar numa grande área de jogos e atividades esportivas para crianças e adolescentes até os 13 anos de idade. O projeto “Verão Crianças” deste ano, além dos tradicionais percursos educacionais, também vai oferecer momentos de partilha inspirados na Encílica Laudato si' do Papa Francisco.

Andressa Collet - Vatican News

Ouça a reportagem e compartilhe

A vida que começa a ser retomada gradualmente nesta segunda-feira (26) na Itália, onde é possível com as limitações da pandemia da Covid-19, também passa pela possibilidade de crianças e adolescentes de voltarem a se socializar, após meses aulas a conta-gotas e aprendizados à distância, na leveza proporcionada pelas férias de verão que, na Europa, acontecem na metade do ano. Esse é o objetivo do projeto "Verão Crianças", a iniciativa que vê o Vaticano se transformar novamente, de 21 de junho a 31 de julho, num lugar de entretenimento para três faixas etárias: dos 5-7 anos, 8-10 e 11-13 anos.

Colônia de férias inspirada na Laudato si’ do Papa

A equipe formada por educadores profissionais e animadores apaixonados, além de um programa variado - que começa às 7 da manhã e vai até as 18h - vão compor a ideia básica da colônia de férias que, neste ano, será inspirada na Encíclica Laudato si' do Papa Francisco. Para as crianças, será uma oportunidade de participar de jogos, laboratórios e momentos de partilha para descobrir, segundo revela a carta de apresentação, “a importância de pequenas ações diárias para proteger o meio ambiente e, com ele, todos os seres vivos com os quais compartilhamos. Sem esquecer da nossa comunidade onde muitas famílias, ainda hoje, não têm a possibilidade de viver adequadamente por causa de problemas econômicos ou étnicos". Durante o dia ainda serão feitas reflexões sobre questões ecológicas, tentado “descobrir qual é o verdadeiro significado de ser cristão, essa forma de pensar sobre o mundo e a Criação”.

Uma grande parte do território do Vaticano estará envolvida nesta grande colônia de férias de verão à sombra da Cúpula de São Pedro. Os principais "pólos" de atração serão a Sala Paulo VI para as refeições – como café da manhã, almoço e lanches - e algumas atividades recreativas, mas também os Jardins vão receber momentos educacionais e visitas guiadas, enquanto na área do heliporto serão realizados, entre outras coisas, jogos de equipe. Enfim, numa outra área ainda serão concentradas as atividades esportivas, como futsal, tênis, piscina, jogos aquáticos e brinquedos infláveis. Um parque infantil a um passo da casa do Papa para brincar e aprender a crescer.

A abertura das inscrições em maio

As inscrições em número limitado e reservadas aos filhos dos funcionários do Governatorato e da Santa Sé abrem a partir de 1º de maio e podem ser feitas em modalidade on-line através do site oficial da iniciativa no www.estateragazzivaticano.it. Outras informações também podem ser solicitadas pelo e-mail info@estateragazzivaticano.it. As crianças e os adolescentes serão recebidos no Vaticano com atenção especial às medidas que respeitem os protocolos de segurança e prevenção à Covid-19. A segurança será garantida ao medir a temperatura e promover a higienização das mãos e dos equipamentos, o uso obrigatório da máscara, além da promoção de atividades ao ar livre e a divisão dos participantes em grupos – inclusive para desfrutar da melhor forma os momentos dentro da piscina.

26 abril 2021, 19:06