Busca

Vatican News
Escola na Nigéria Escola na Nigéria 

Nigéria: sequestrados estudantes de uma escola corânica

No domingo (30) depois de um ataque armado foram sequestrados um número indeterminado de estudantes de uma escola corânica. Dos 200 estudantes apenas os menores foram libertados. A mídia local relata que uma pessoa foi morta e outra gravemente ferida no ataque

Marina Tomarro – Vatican News

A escola Salihu Tanku Koranic em Tegina estava no horário de entrada de alunos quando ocorreu o ataque de um grupo de homens armados. Muitos dos pequenos conseguiram escapar, disse um diretor da escola, acrescentando que não sabia com precisão o número de crianças sequestradas. Dos 200 estudantes da escola apenas os menores foram libertados porque considerados pequenos demais para caminhar.

Ouça e compartilhe

Este novo sequestro ocorre um dia após a libertação de 14 estudantes no Estado de Kaduna, após 40 dias de detenção. Cinco estudantes foram massacrados por seus sequestradores alguns dias após o sequestro para pressionar as famílias e forçar o governo a pagar o resgate. Há vários meses, grupos de bandidos têm se envolvido em sequestros em massa visando escolas: desde dezembro de 2020, 730 crianças e adolescentes foram sequestrados.


Novo ataque de Boko Haram

Na sexta-feira (28) o exército nigeriano repeliu uma tentativa de ataque de Boko Haram, um grupo jihadista, em Rann, no nordeste do país. O porta-voz do exército Mohamed Yerima explicou à mídia local que o ataque ocorreu poucas horas depois da posse do novo chefe do Estado Maior do Exército, Faru Yahaya. "Os atacantes chegaram em caminhões armados e tentaram entrar pela rua principal da cidade", disse Yerima em uma declaração, falando de uma "derrota humilhante" para a organização terrorista. Além disso, os militares derrubaram um dos caminhões e recuperaram vários armamentos, incluindo duas metralhadoras e oito fuzis AK-47, bem como munições antiaéreas.

 

 

 

 

31 maio 2021, 13:57