Busca

Vatican News

Colômbia. Bispos: assegurar renda básica permanente aos mais pobres e vulneráveis

Embora reconhecendo a ajuda dada através de alguns programas para aqueles que perderam seus empregos, eles pedem que seja assegurada "uma renda básica permanente para os setores mais pobres e vulneráveis, como alguns propuseram, vez que esta é uma forma de expressar a consciência social e construir a justiça social de modo solidário". Dirigindo-se aos trabalhadores, os bispos colombianos pedem que eles cooperem "com o trabalho honesto, com a abertura ao diálogo e comprometendo-se com o bem comum"

Vatican News

Ouça e compartilhe

Com uma mensagem intitulada "Com o compromisso de todos, o emprego será relançado", publicada na segunda-feira (25/01) no site do Episcopado, a Conferência Episcopal Colombiana, a partir do ensinamento social da Igreja, propõe à opinião pública algumas considerações a serem levadas em conta nesta situação de grave crise de emprego que o país andino está enfrentando devido à difusão da pandemia do coronavírus.

Trabalho, direito fundamental e bem para toda pessoa

Os bispos lembram, em primeiro lugar, que "o trabalho é um direito fundamental e um bem para toda pessoa", uma necessidade primária; em segundo lugar, que no ambiente de trabalho não se pode reduzir tudo a estratégias de produção ou a cálculos materiais; em terceiro lugar, que o trabalho tem em si um caráter social, sendo fundamental na vida da comunidade para realizar o bem comum e o desenvolvimento integral; e, em quarto lugar, que o desemprego é uma "verdadeira calamidade social" e deve ser combatido com a solidariedade social e a criatividade.

Os prelados, apreciando as iniciativas governamentais e privadas atualmente em andamento para superar a crise do emprego, exortam os cidadãos a se comprometerem a encontrar soluções que levem a "abrir novos empregos, a respeitar os direitos dos trabalhadores e a garantir condições de trabalho decentes para todos".

Abertura ao diálogo e compromisso com o bem comum

E embora reconhecendo a ajuda dada através de alguns programas para aqueles que perderam seus empregos, eles pedem que seja assegurada "uma renda básica permanente para os setores mais pobres e vulneráveis, como alguns propuseram, vez que esta é uma forma de expressar a consciência social e construir a justiça social de modo solidário".

Por fim, dirigindo-se aos trabalhadores, os bispos colombianos pedem que eles cooperem "com o trabalho honesto, com a abertura ao diálogo e comprometendo-se com o bem comum".

Vatican News – AP/RL

27 janeiro 2021, 15:07