Cerca

Vatican News
Patriarcas das Igrejas Católicas do Oriente Médio - 28.11.2018 Patriarcas das Igrejas Católicas do Oriente Médio - 28.11.2018 

Patriarcas católicos aos jovens: "sejam o coração de seus países"

Terra Santa. “Sejam fiéis fortes em seu amor e construtores de suas terras de origem com todos os seus compatriotas, participando dos sofrimentos e dos sacrifícios, para assegurar prosperidade e vida. Sejam o coração de seus países, construtores da história destes”, exortam os Patriarcas católicos do Oriente.

Cidade do Vaticano

Oriente Médio. “Diante das dificuldades e dos desafios que enfrentam por causa da situação no Oriente Médio e pela hemorragia da emigração que ameaça o futuro de vocês e a presença cristã em todo o Oriente, estamos a seu lado e partilhamos a sua dor. Buscamos juntos um amanhã brilhante que poderá não existir sem a presença de vocês. Asseguramos-lhes que trabalharemos juntos a fim de que possam resistir e permanecer em suas terras.”

Sejam artesãos da história de seus países

É o que escrevem os Patriarcas católicos do Oriente ao término de sua 26ª reunião, que se realizou em Bagdá, no Iraque, de 26 a 30 de novembro, e foi dedicada aos jovens como “sinal de esperança no Oriente Médio”.

Contribuir na construção de seus países

No comunicado final, difundido esta quarta-feira (05/12) pelo Patriarcado caldeu da capital iraquiana, os patriarcas exortam os jovens a “permanecer firmes na fé e em suas terras” e, ao mesmo tempo, a “contribuir para a construção” de seus países.

Uma Igreja de mártires

“Somos um pequeno número, Cristo nos diz que somos ‘sal, luz e fermento’, e somos uma Igreja de mártires”, afirmam os patriarcas repetindo o que escreveram numa carta deles difundida na solenidade de Pentecostes deste ano.

Fortes em seu amor e construtores de suas terras

“Creiam e amem como Deus ama toda a sua criação. Sejam fiéis fortes em seu amor e construtores de suas terras de origem com todos os seus compatriotas, participando dos sofrimentos e dos sacrifícios, para assegurar prosperidade e vida. Sejam o coração de seus países, construtores da história destes, independentemente da crueldade dos tempos e dos homens”, exortam eles.

(Sir)

05 dezembro 2018, 18:40