Busca

Arte que consola
Vatican News

Museus Vaticanos. A injusta condenação do inocente

“Anunciar Cristo significa mostrar que acreditar Nele e segui-Lo não é somente uma coisa verdadeira e justa, mas também bela. O coração do Evangelho é a beleza do amor salvífico de Deus manifestado em Jesus Cristo morto e ressuscitado”. Inspirada por essas palavras de Francisco, prossegue a colaboração entre os Museus Vaticanos e o Vatican News: as obras-primas das coleções pontifícias acompanhadas pelas palavras dos Papas.

Pietro Lorenzetti, 1280 c. – 1348, Jesus diante de Pilatos, Placa de um díptico (?), 1335 c., têmpera e ouro sobre madeira, Pinacoteca Vaticana © Museus Vaticanos

Pietro Lorenzetti (Siena 1280 c. - 1348), nesta madeira que mostra Cristo diante de Pilatos, simplifica a composição e acentua o drama, diminuindo os protagonistas do cenário e opondo-os um ao outro num espaço em perspectiva realista. Cristo, com a veste vermelha, o manto azul e as mãos amarradas, está no centro da cena, diante de Pilatos, sentado num trono elevado, com uma vestimenta em pele e coroa de louro. Os seus olhos se unem num mútuo colóquio de forte intensidade, a ponto de o devoto ficar transtornado sentindo a injusta e ignóbil condenação de Cristo inocente.

@Museus Vaticanos
@Museus Vaticanos

“Com aquela resignação dócil, que é própria de quem crê num Deus justo e bom e em Jesus Cristo mestre e guia dos corações, abracem com coragem a constante dura cruz cotidiana. Carregando-a com Jesus, o seu peso se torna leve.”

(Pio XII, Homilia, 26 de março de 1950)

 

#abelezanosune
instagram: @vaticanmuseums @vaticannews @vaticannewspt
facebook: @vaticannews
aos cuidados de Paolo Ondarza

16 março 2021, 09:25