Busca

Vatican News
Cardeal Peter Turkson Cardeal Peter Turkson 

Turkson: patentes de medicamentos dificultam a difusão de vacinas

O prefeito do dicastério para o Serviço do Desenvolvimento Humano Integral salienta a importância de facilitar a produção das vacinas nos países do Sul e incentivar o uso de remédios naturais para tratar o vírus.

Eugenio Bonanata, Silvonei José – Vatican News

Por ocasião do Dia Mundial do Enfermo, o cardeal Peter Turkson comenta sobre a atual campanha de vacinação. "Agora - adverte - a preocupação também está ligada à qualidade das vacinas". O prefeito do dicastério para o Serviço do Desenvolvimento Humano Integral reflete sobre a situação dos países mais desfavorecidos: "O sul do mundo - disse - vira o rosto para o norte para obter a vacina, negligenciando que ela poderia ser produzida diretamente ali".

Ouça e compartilhe

Uma questão de segurança global

"Este sistema não é mais sustentável", acrescenta o cardeal, que exorta a uma intervenção dos organismos internacionais a partir do Conselho de Segurança da ONU, na sequência do recente apelo lançado junto com o presidente da Cáritas Internationalis, cardeal Luis Antonio Tagle. "Chegou a hora da ONU assumir o comando, pois agora está claro que se trata de uma questão de segurança global". Mas também a Organização Mundial do Comércio poderia fazer sua parte para afrouxar as malhas da propriedade intelectual relacionada aos medicamentos. Esta prática - enfatiza - é um obstáculo para a produção de vacinas em outros países que não aqueles que atualmente detêm as patentes.

O vírus e os remédios naturais

O cardeal está confiante na "sua" África. Em vários países do continente", diz ele, "existem laboratórios capazes de colocar a vacina em circulação, facilitando o acesso universal constantemente invocado pelo Papa Francisco". Mas isso não é tudo. Há também realidades ativas na frente dos remédios naturais que poderiam ajudar a tratar o vírus. Turkson cita em particular o caso do Senegal, onde um fármaco foi administrado de forma eficaz a milhares de pessoas. "Nenhuma morte ocorreu", disse ele, lembrando que na Alemanha também existem estruturas engajadas no mesmo campo. Daí o anúncio: "Estamos vendo se é possível encomendar estes produtos para levá-los a países onde a vacina não chegará em um curto espaço de tempo”.

Documento sobre a saúde mental à prova de cobiças

Enquanto isso, a Comissão Covid-19 do Vaticano, desejada pelo Papa e liderada pelo Cardeal Turkson, está olhando com preocupação para os efeitos que a pandemia está causando na saúde mental das pessoas. Tanto que elaborou um documento focalizado essencialmente na convivência em espaços domésticos no momento da emergência sanitária. "Um documento pastoral e de acompanhamento", assinala o cardeal, "que visa dar alento àqueles que sofrem psiquicamente com a pandemia e àqueles que cuidam deles". O que emerge é que a impossibilidade de sair, especialmente quando a família não tem muitos recursos culturais e materiais disponíveis, muitas vezes se traduz em tensão, agressão e, em alguns casos, formas de violência.

 

11 fevereiro 2021, 13:23