Busca

Arte que consola
Vatican News

Museus Vaticanos. Vinde, adoremos #9

“Representar o evento do nascimento de Jesus equivale a anunciar o mistério da encarnação do Filho de Deus com simplicidade e alegria”. Estas palavras do Papa Francisco recordam como o nascimento de Jesus inspirou gerações que, no decorrer dos séculos, evangelizaram através da beleza. Todas as semanas, os Museus Vaticanos propõem uma obra-prima das coleções pontifícias acompanhada das palavras dos Papas.

Giovanni di Pietro conhecido como "lo Spagna". Natividade e chegada dos Magos, 1507-1508, óleo sobre madeira, moldura dourada; Pinacoteca Vaticana © Musei Vaticani

Entre os seguidores do Perugino, Giovanni di Pietro, conhecido como “lo Spagna” reúne nesta obra de cores vibrantes os tradicionais cenários relativos ao nascimento de Jesus, com um fundo natural inspitado nas paisagens da região italiana da Úmbria. Em primeiro plano, ao ar livre, não na gruta, o Menino está acomodado no chão, com Maria e José e três anjos ajoelhados para Adorá-lo. Duas cenas da chegada estão representadas em segundo plano, com um sábio jogo de perspectiva: os pastores de ul ado, e os Reis Magos com seu cortejo de outro. Também o boi e o burro, que também aparecem na composição, estão distantes da Sagrada Família, enquanto um coral angélico no céu anuncia o nascimento do Salvador.

© Musei Vaticani
© Musei Vaticani

“Não é num palácio no que nasce o Redentor, que vem a instaurar o Reino eterno e universal. Nasce num estábulo e, permanecendo entre nós, acende no mundo o fogo do amor de Deus (cf. Lc 12,49). Este fogo nunca mais se apagará.”

(João Paulo II – Homilia da Missa do Galo 2000)

 

#abelezanosune
instagram: @vaticanmuseums @vaticannews @vaticannewspt
facebook: @vaticannews
aos cuidados de Paolo Ondarza

03 janeiro 2021, 09:07