Busca

Vatican News
Plenária da Pontifícia Academia das Ciências Sociais em maio de 2019 Plenária da Pontifícia Academia das Ciências Sociais em maio de 2019  (Vatican Media)

Nomeações para a Pontifícia Academia das Ciências Sociais

O Papa Francisco nomeou novos membros para a Pontifícia Academia das Ciências Sociais: Pedro Morandé Court do Chile, Mario Draghi da Itália e Kokunre Adetokunbo Agbontaen Eghafona da Nigéria.

Vatican News

O Santo Padre nomeou três novos membros para a Pontifícia Academia das Ciências Sociais: Mario Draghi, ex-presidente do Banco Central Europeu, e dois professores universitários: o sociólogo Pedro Morandè Court, que lecionou na Universidade Católica do Chile, e a professora Kokunre Adetokunbo Agbontaen Eghafona, docente de Sociologia e Antropologia na Universidade de Benin, na Nigéria.

Ouça e compartilhe

Mario Draghi

Mario Draghi nasceu em Roma, em 13 de setembro de 1947. Formou-se em Política Econômica na Universidade “La Sapienza” e obteve o doutorado em Economia pelo Massachusetts Institute of Technology. Em 1981, tornou-se professor titular de Economia e Política Monetária na Faculdade “Cesare Alfieri” da Universidade de Florença. Foi diretor executivo do Banco Mundial e, em seguida, diretor-geral do Ministério da Fazenda do Governo Italiano. Ele foi governador do Banco da Itália de 2005 a 2011 e presidente do Conselho do Financial Stability Board de 2006 a 2011, quando se tornou presidente do Banco Central Europeu até 2019. É membro do Conselho de Administração do Institute for Advanced Study (IAS) e do Grupo dos Trinta (G30). É autor de numerosas publicações, com contribuições que vão desde a macroeconomia até a economia internacional e política monetária.

Pedro Morandé Court

Professor emérito de Sociologia na Pontifícia Universidade Católica do Chile, Pedro Morandé Court nasceu em Santiago, Chile, em 3 de agosto de 1948. Formou-se em Sociologia pela Pontifícia Universidade Católica do Chile (UC) e fez o doutorado em Sociologia na Universidade “Friedrich-Alexander” de Erlangen-Nuremberg (Alemanha). Na UC foi professor titular e depois chefe do Departamento de Sociologia de 1987 a 1990, pró-reitor de 1990 a 1995 e decano da Faculdade de Ciências Sociais de 1995 a 2014. Atualmente é professor emérito. Especializou-se em Sociologia da Cultura e da Religião e em Sociologia da Família, com particular atenção ao povo latino-americano e sua história social. Publicou numerosos artigos sobre a família e a identidade cultural da América Latina.

Kokunre Adetokunbo Agbontaen Eghafona

Ela nasceu em 1º de outubro de 1959 em Londres. Estudou na Universidade de Benin, na cidade de Benin, na Nigéria. Formou-se em História e depois fez o mestrado em Artes. Também obteve um Mestrado em Ciência em Arqueologia e Antropologia na Universidade de Ibadan, Nigéria. Na Universidade de Benin é professora no Departamento de Sociologia e Antropologia desde 1992. Tornou-se professora sênior em 1996, professora associada em 2003, e professora titular em 2008. Desempenhou vários cargos administrativos, dentre os quais chefe do Departamento de Sociologia e Antropologia de 2009 a 2013 e diretora de programas em tempo parcial em 2016. Ela também foi responsável pelo desenvolvimento sustentável dentro da Rede de Soluções Sustentáveis das Nações Unidas de 2012 a 2017. É autora de numerosas publicações acadêmicas. As suas atividades científicas atuais incluem medidas para combater o tráfico de pessoas na Nigéria.

10 julho 2020, 15:20