Busca

Vatican News

Investigação sobre imóvel de Londres, corretor Torzi detido no Vaticano

O mandato de prisão foi notificado ao término do interrogatório do Promotor de Justiça: as acusações são de extorsão, peculato e estelionato

Vatican News

Ouça e compartilhe

O corretor Gianluigi Torzi, que foi intermediário para que a propriedade de um imóvel de Londres voltasse à Secretaria de Estado, foi detido na tarde de sexta-feira, 5 de junho no Vaticano.

“Na data hodierna – informa a Sala de Imprensa da Santa Sé – o Departamento do Promotor de Justiça do Tribunal Vaticano, ao término do interrogatório ao senhor Gianluigi Torzi, que se encontrava assistido por seus advogados, determinou uma ordem de prisão do mesmo”.

“A medida assinada pelo Promotor de Justiça Gian Piero Milano e por seu adjunto Alessandro Diddi – continua o comunicado – foi tomada em relação aos conhecidos episódios pertinentes à negociação do imóvel londrino de Sloane Avenue, que envolveu uma rede de sociedades em que estavam presentes alguns funcionários da Secretaria de Estado.”

“O imputado é acusado de vários episódios de extorsão, peculato, estelionato e auto-reciclagem, delitos para os quais a lei vaticana prevê penas de até doze anos de reclusão.” Gianluigi Torzi encontra-se agora detido em instalações reservadas para esse fim junto à caserna do Corpo da Gendarmaria.

06 junho 2020, 08:31