Busca

Vatican News
Cardeal Krajewski e Papa Francisco numa foto de arquivo Cardeal Krajewski e Papa Francisco numa foto de arquivo 

Krajewski: Papa doa respiradores para a Itália e Espanha

Um gesto de caridade que acompanha a oração, desta sexta-feira (27/03), na Praça São Pedro. O Papa Francisco destinou os respiradores para países como Itália e Espanha, os mais afetados pela pandemia de coronavírus. Os bispos das dioceses entregarão os aparelhos aos hospitais que precisam.

Benedetta Capelli – Cidade do Vaticano

No dia em que toda a Igreja reza com o Papa Francisco, em plena emergência de cronavírus, o gesto de doar 30 respiradores, comprados nos dias passados, entregues à Esmola Apostólica, assume um significado muito especial. É a expressão concreta de um sentimento comum. É o desejo do Pontífice de estender a mão a quem precisa. É a caridade cristã.

Ouça e compartilhe!

Respiradores para a Itália e Espanha

Os respiradores serão destinados para as terapias intensivas. Serão entregues aos hospitais que precisam na Itália e Espanha, países que mais sofrem por causa do Covid-19. Os bispos das dioceses entregarão aos hospitais onde a necessidade é maior.

Doar com amor

“A oração sem caridade não é completa”, afirma o esmoleiro do Papa, cardeal Konrad Krajewski, que convida todos a doar, dentro das próprias possibilidades. A compra de respiradores é um sinal para que outros possam se colocar à disposição e doar a quem precisa. “Ontem”, disse o purpurado, “uma senhora que não tem grandes meios me deu 50 máscaras costuradas por ela, para doar aos pobres. É um gesto simples, mas de grande importância. Precisamos exatamente disso: pequenos gestos que vêm do coração”.



27 março 2020, 15:11