Busca

Vatican News
No dia Pro Orantibus a Igreja reza de forma particular pela vida contemplativa No dia Pro Orantibus a Igreja reza de forma particular pela vida contemplativa 

Documento sobre formação da vida monástica será apresentado em Roma

Em novembro de 2018, durante uma Audiência Geral, o Papa Francisco havia recordado que o dia Pro Orantibus "é a ocasião oportuna como nunca para dar graças ao Senhor pelo de tantas pessoas que, nos mosteiros e ermidas, se consagram totalmente a Deus na oração, no silêncio e no escondimento. Não faltem a estas comunidades o carinho, a proximidade e a assistência também material de toda a Igreja!".

Cidade do Vaticano

"A arte da busca da face de Deus" é o novo documento sobre a formação da vida monástica que será apresentado na Pontifícia Universidade Lateranense, em Roma,  em 21 de novembro, precisamente no Dia Pro Orantibus, em que a Igreja em todo o mundo celebra o dom da vida contemplativa.

São esperadas trezentas monjas de toda a Itália, mas também do exterior - Albânia, Romênia e Belém- para participarem do encontro que tem por objetivo aprofundar o tema da formação entendida como "arte" da busca, tensão contínua em direção ao crescimento humano e espiritual.

A arte da pesquisa do rosto de Deus quer ser um instrumento que ajude a pessoa a viver em harmonia a relação com Deus, com o próximo e com o mundo. No documento lê-se: «A formação deve prever uma saudável e equilibrada informação que abra para toda a humanidade, especialmente aquela que sofre. A contemplativa é chamada a habitar a história cultivando o olhar interior "(A arte da busca da face de Deus, n. 42).

A Convenção, organizada pelo Secretariado  “Assistência Monjas”, terá início às 9h30 e será articulado em palestras, testemunhos e momentos de encontro, com término previsto para às 17 horas, com a Celebração Eucarística presidida pelo cardeal João Braz de Aviz, prefeito da Congregação para as Sociedades de Vida Apostólica e os Institutos de Vida Consagrada, na Basílica papal de São João de Latrão.

Durante o dia se pronunciarão o cardeal João Braz de Aviz, o arcebispo José Rodríguez Carballo, OFM, secretário da CSVAIVC,  prof. Vincenzo Buonomo, reitor da Pontifícia Universidade Lateranense, Irmã Giuseppina Fragasso, vice-presidente do Secretariado Assistência Mojas; P. Pierluigi Nava, SMM, subsecretário da CSVAIVC, Irmã Diana Papa, OSC; Irmã Giovanna Quadrelli, OCD.

Na Audiência Geral de 21 de novembro de 2018, o Papa Francisco assim havia se referido ao Dia pro Orantibus:

"Hoje, memória litúrgica da Apresentação de Maria Santíssima no Templo, celebramos o Dia pro Orantibus, dedicado à recordação das comunidades religiosas de clausura: existem muitas! É a ocasião oportuna como nunca para dar graças ao Senhor pelas tantas pessoas que, nos mosteiros e ermidas, se consagram totalmente a Deus na oração, no silêncio e no escondimento. Não faltem a estas comunidades o carinho, a proximidade e a assistência também material de toda a Igreja!"

Dia Pro Orantibus de 2018
Dia Pro Orantibus de 2018

Vida Consagrada, uma graça de Deus

 

A Igreja dedica um dia especial no calendário para promover o conhecimento e a oração por todas as religiosas e religiosos dedicados à vida consagrada contemplativa, uma vocação pouco compreendida no mundo de hoje, tão apegado ao bem-estar, à liberdade de movimento e ao que é efêmero.

Como católicos, devemos rezar pelos religiosos da vida contemplativa, como expressão de reconhecimento, estima e gratidão pelo que elas e eles representam e pelo rico patrimônio espiritual de suas Ordens, Congregações e Institutos na Igreja.

As várias formas de vida consagrada são para todo o povo de Deus uma graça com a qual o Senhor abençoa cada geração cristã. De fato, são visíveis e palpáveis os espaços ​​onde se manifesta o ardor missionário de uma evangelização eclesial explícita, como o trabalho educativo com crianças e jovens, a solicitude na caridade para com os pobres, os doentes ou os idosos.

Mas há uma presença especial que, devido à sua natureza peculiar, a Igreja quer sublinhar de uma maneira particular: os monges e monjas contemplativas.

Para todas as formas de vida consagrada há um dia mundial comum, 2 de fevereiro, mas para os contemplativos a Igreja assinala uma data própria, comemorada não por acaso no domingo da Santíssima Trindade: é o Dia Pro orantibus, o dia de oração por aqueles que rezam silenciosamente por toda a Igreja e pela Humanidade.

Os jornalistas interessados em cobrir o evento poderão fazer seu credenciamento  na Sala de Imprensa da Santa Sé até 24 horas antes, pelo endereço: press.vatican.va/accreditamenti

18 novembro 2019, 17:57