Busca

Vatican News
"Os católicos foram fundamentais na construção da Itália, sobretudo no pós-guerra e ainda continuam sendo", disse Parolin "Os católicos foram fundamentais na construção da Itália, sobretudo no pós-guerra e ainda continuam sendo", disse Parolin 

Card. Parolin: revitalizar a Europa com criatividade, sem esquecer o Evangelho

O secretário de Estado do Vaticano exorta os jovens a sujar as mãos para implementar uma boa política. "A Igreja não pode ser marginalizada por aqueles que defendem uma laicidade derrotada pela história", disse ele em seu discurso em Frascati, onde está se realizando um curso de formação política para jovens.

Cidade do Vaticano

O Cardeal Secretário de Estado, Pietro Parolin, encontrou-se, nesta sexta-feira, em Frascati, nas imediações de Roma, com um grupo de jovens que participam de uma Escola de verão de Formação Política, promovida pela Diocese de Roma. Trata-se da primeira “Summer School” (“Escola de Verão”) diocesana deste tipo.

Ouça e compartilhe!

Em sua conferência, o Cardeal Pietro Parolin deteve-se, de modo particular, sobre a Europa, exortando os jovens estudantes a “revitalizar a Europa com criatividade e sem esquecer o Evangelho”. Desta forma, o Cardeal encorajou os participantes “a sujar as mãos para implementar uma boa política”.

"A identidade cristã desempenhou um papel fundamental no processo de unificação europeia, afirmou o Secretário de Estado, e tais valores ainda estão presentes hoje. Porém, estamos presenciando a uma sua dissolução devido a quatro motivos: a perda de propulsão do projeto europeu original; a crescente primazia da economia sobre a política; a mudança semântica da palavra "direitos", e, por fim, o término do vínculo com o pensamento greco-romano”.

Por isso, explicou o Cardeal Parolin, “neste momento histórico, devemos continuar a construir a Europa, concentrando-nos nas relações entre as pessoas; os cristãos, por sua vez, têm a tarefa de dar o exemplo como uma comunidade inspirada em ideais sólidos”.

Em relação à Igreja, o Cardeal disse que "ela não pode ser marginalizada por aqueles que não aceitam nossos valores e defendem um secularismo derrotado pela história".

Ao término da sua conferência aos jovens, o Cardeal Secretário de Estado falou aos microfones da Rádio Vaticano, destacando a importância de preparar os jovens para o compromisso político:

Apoio este tipo de iniciativa que responde a uma necessidade sentida, profundamente, até mesmo no mundo católico: uma presença eficaz da voz dos católicos dentro da política, para uma boa política. Os católicos foram fundamentais na construção da Itália, sobretudo no pós-guerra e ainda continuam sendo. Hoje, precisamos refletir, em particular, também sobre os valores do Evangelho. A Europa nasceu de um projeto cristão. O ponto de partida dos seus fundadores sempre foi o Evangelho. Por isso, os jovens têm a tarefa de recuperar seu caráter religioso, mediante uma boa política. Ninguém deve permanecer inerte ou indiferente diante da complexidade dos problemas e desafios europeus”.

27 julho 2019, 07:28