Busca

Vatican News

Museus Vaticanos conservam fragmentos de rochas lunares da expedição Apollo 11

No dia 20 de julho de 1969, três homens desafiam, com sucesso, o mundo desconhecido da Lua e fazem da terra um "limiar aberto aos espaços sem fronteiras e novos confins".

Cidade do Vaticano

Em 20 de julho de 1969, o homem pousou na Lua e, no quinquagésimo aniversário da caminhada espacial de Neil Armstrong e Buzz Aldrin, os Museus Vaticanos prestam uma homenagem a este evento histórico que representou “um pequeno passo para um homem, mas um grande passo para o humanidade”.

Os Museus Vaticanos preservam os fragmentos de rochas lunares da expedição Apollo 11, chamadas de pedras da amizade, doadas pelo presidente dos Estados Unidos Richard Nixon aos cidadãos do Vaticano, e bandeira do Estado da Cidade do Vaticano levada ao espaço pelos astronautas, em exposição nas Galerias Inferiores dos Museus Vaticanos - Sala Sistina.

20 julho 2019, 19:30