Cerca

Vatican News
Cardeal Angelo Becciu, Dom Dominique Lebrun e jovens franceses Cardeal Angelo Becciu, Dom Dominique Lebrun e jovens franceses 

Dossiê para beatificação do Padre Hamel chega ao Vaticano

Nos últimos dias, a Congregação para as Causas dos Santos recebeu o dossiê para a beatificação do padre Jacques Hamel, assassinado em 2016 por dois jihadistas enquanto celebrava a missa em sua igreja em Saint-Etienne-du-Rouvray.

Benedetta Capelli - Cidade do Vaticano

Onze mil páginas, dez mil horas de trabalho, seiscentas homilias transcritas, sessenta testemunhas ouvidas. Este é o consistente dossiê entregue pelo arcebispo de Rouen, Dominique Lebrun, à Congregação para as Causas dos Santos.

Nele está a vida, a história da fé e a morte violenta do padre Jacques Hamel, assassinado em 26 de julho de 2016 por dois terroristas islâmicos em sua Igreja de Saint-Étienne-du-Rouvray, durante a celebração da Missa. Um assassinato que chocou o mundo e a Igreja, que naqueles dias vivia a Jornada Mundial da Juventude em Cracóvia.

Jovens para o padre Hamel

 

Acompanhado por 40 jovens provenientes de uma peregrinação a Assis, Dom Lebrun, ao lado de vários sacerdotes da diocese de Rouen, incluindo o postulador da causa do padre Hamel, padre Paul Vigouroux, apresentaram ao cardeal Angelo Becciu, prefeito da Congregação para as Causas dos Santos, o consistente material que, após a investigação diocesana, passa agora a ser examinado pelas autoridades do Vaticano. Tratar-se-á de reconhecer se efetivamente padre Hamel foi assassinado "in odium fidei".

O Papa Francisco, logo após sua morte, concedeu uma exceção aos cinco anos normalmente exigidos para abrir o processo de beatificação. Em uma Missa celebrada na Casa Santa Marta, o Pontífice disse que o sacerdote francês era um mártir, "e os mártires, são bem-aventurados".

Cardeal Becciu: exemplo de fidelidade à Igreja

 

Após a entrega do material, nossa colega Adelaide Patrignani conversou com o cardeal Angelo Becciu:

R. - É uma bela surpresa ver o bispo que chega com os jovens para nos trazer a documentação; é também um encorajamento e um impulso para examinar o quanto antes essa causa, porque o momento terrível da morte deste sacerdote permanece na mente e no coração de todos nós cristãos, e portanto, se espera poder apresentá-lo como modelo de fidelidade a Deus e à Igreja. Representa o homem que permaneceu fiel até o fim à sua vocação, à sua fidelidade, que permaneceu fiel a Deus. Todos nós, cristãos, somos chamados a dar a vida por Jesus Cristo e ele levou isso ao pé da letra ...

Photogallery

Entrega do dossiê para beatificação do Padre Jacques Hamel
12 abril 2019, 15:23