Cerca

Vatican News
Padre João Batista em Taipei Padre João Batista em Taipei 

Arcebispo Dal Toso: sem testemunho, Evangelho seria mudo

Ser apóstolos significa "ser testemunhas da nossa fé com a vida diária", e sobretudo neste país, onde há poucos cristãos, é necessário ser testemunhas da fé": "sem o seu testemunho, o Evangelho seria mudo", disse o arcebispo Dal Toso em sua homilia na Igreja Sagrada Família em Taipei, por ocasião do encontro continental dos diretores nacionais das POM da Ásia.

Cidade do Vaticano

"Deus nos chama, independentemente dos nossos méritos; Deus nos envia para ser apóstolos; a mensagem que levamos é o coração da fé, o anúncio da morte e ressurreição de Jesus”.

Estes sãos os três pontos salientados pelo presidente das Pontifícias Obras Missionárias (POM), Dom Giovanni  Pietro Dal Toso, na homilia da Missa que presidiu no domingo, 10 de fevereiro, na Igreja Sagrada Família em Taipei, por ocasião do encontro continental dos diretores nacionais das POM da Ásia.

Na manhã de segunda-feira, teve lugar a reflexão teológica sobre a missão ad gentes, em vista do Mês Missionário Extraordinário do outubro próximo - a cargo do jesuíta padre Jeffrey Chang – e na parte da tarde o encontro com o presidente das POM, o arcebispo Dal Toso.

O encontro continental se conclui no dia 14 de fevereiro. Até lá, o programa prevê encontros onde serão compartilhadas experiências e debatido o futuro das POM, visitas à Hu Jhu Elementary School, de Nantou, e a Our Lady of Fatima Church, em Pingtung

Apoiar a missão com a oração

 

Dom Dal Toso iniciou a sua homilia afirmando que as POM "são uma rede mundial a serviço do Papa para apoiar as missões e as jovens igrejas, com a oração e a caridade. As POM não oferecem apenas ajuda financeira. Eles querem recordar a todos os fiéis que podemos apoiar a missão, em primeiro lugar, com as nossas orações. Rezar por nossos missionários. Rezar por nossos irmãos de fé em todo o mundo. Nesta semana, estão reunidos aqui  em Taiwan os diretores das POM na Ásia, para ver como podemos ajudar melhor as Igrejas na Ásia a serem missionários".

Trabalho missionário

 

Referindo-se às leituras bíblicas do dia e ao tema do chamado de Deus, o arcebispo destacou que "Deus vem a nós porque nos ama e não olha para os nossos méritos, mas para os bons projetos que quer realizar em nós. Este é também um grande sinal para um país como este. Deus quis chegar a vocês através do trabalho de missionários, também em tempos relativamente recentes, porque Deus quer dar a todos a sua vida, o seu perdão, o seu Espírito Santo "

Prosseguindo em sua nossa reflexão, Dom Dal Toso destacou que "Deus chama para que nos tornemos apóstolos. Deus nos chama para si, para nos enviar para os outros".

Ser apóstolos significa "ser testemunhas da nossa fé com a vida diária", e sobretudo neste país, onde há poucos cristãos, é necessário ser testemunhas da fé",  “para que Deus possa continuar a chamar hoje para si também outras pessoas , para que também outros possam conhecer a misericórdia e o perdão de Deus, para que também outros compreendam que eles têm um Pai no céu."

Sem testemunho, Evangelho seria mudo

 

E exortou os cristãos, dizendo que  "sem o seu testemunho, o Evangelho seria mudo. Sem o seu testemunho, o Evangelho não poderia continuar a manifestar que Deus ama o homem". "De fato, esta é a nossa mensagem, aquela que nós somos portadores: que Deus ama o homem."

O amor de Deus se manifestou em enviar seu Filho, que morreu e ressuscitou, para apagar nossos pecados.

"Este fato da morte e ressurreição de Jesus, que repetimos a cada domingo no Credo, é o coração da Igreja. Também repetimos isso em cada celebração Eucarística, após a consagração ... Este é o grande milagre da nossa fé: Jesus morreu e ressuscitou por nós. Este milagre o celebramos em cada Eucaristia."

O arcebispo concluiu, pedindo para serem agradecidos a Deus por este milagre que se renova, embora "não sejamos dignos. Mas é sobretudo verdade que Deus quer realizar isso para nós e para a nossa salvação."

(Agência Fides)

 

12 fevereiro 2019, 13:24