Cerca

Vatican News
Sede da Congregação para a Doutrina da Fé Sede da Congregação para a Doutrina da Fé  (Vatican Media)

Pe. Geissler deixa a Congregação para a Doutrina da Fé

Foi acusado de comportamento impróprio com uma religiosa: declara-se inocente e pede para que se continue o processo canônico.

Cidade do Vaticano

Pe. Hermann Geissler deixa a Congregação para a Doutrina da Fé. A notícia foi divulgada, numa nota, nesta terça-feira (29/01), pela Sala de Imprensa da Santa Sé: “Em 28 de janeiro de 2019, pe. Hermann Geissler pediu ao Prefeito da Congregação para a Doutrina da Fé para deixar o seu serviço”.

O prefeito da congregação, pe. Luis Ladaria Ferrer, “acolheu este pedido. Pe. Geissler fez esse passo a fim de limitar o dano causado à Congregação e sua comunidade”.

Doris Wagner, ex-membro da comunidade religiosa “Opus spiritualis Familia”, da qual fez parte pe. Geissler, acusou o sacerdote de um comportamento impróprio que teria ocorrido em 2009.

Gaissler, lê-se ainda no comunicado da Congregação para a Doutrina da Fé, “reitera que a acusação contra ele não é verdadeira e pede para que seja continuado o processo canônico já iniciado. Reserva-se também eventuais medidas de natureza jurídica”.

29 janeiro 2019, 13:45