Versão Beta

Cerca

Vatican News
Cardeal Pietro Parolin (imagem de arquivo) Cardeal Pietro Parolin (imagem de arquivo) 

Por telefone, card. Parolin e vice-presidente Mike Pence falam sobre a Nicarágua

Diplomacia vaticana trabalha pela retomada do diálogo na Nicarágua. Telefonema entre Parolin e Mike Pence foi confirmado no sábado pela Sala de Imprensa da Santa Sé.

Jackson Erpen - Cidade do Vaticano

A Sala de Imprensa da Santa Sé confirmou a jornalistas no sábado o telefonema entre o cardeal secretário de Estado, Pietro Parolin, e o vice-presidente dos Estados Unidos, Mike Pence, ocorrido na tarde de sexta-feira, 10, em que tratou-se sobre a situação na Nicarágua.

O país centro-americano atravessa uma grande crise desde o início dos protestos em 18 de abril contra a reforma da Previdência, que evoluíram para o pedido de demissão do presidente Daniel Ortega e eleições antecipadas.

Centenas de pessoas foram mortas na repressão e a Igreja, ao passar a acolher manifestantes feridos ou que escapavam da repressão da polícia e de grupos paramilitares, passou a ser considerada como “inimiga” do regime. Bispos foram agredidos e templos profanados. Uma estudante brasileira também foi morta.

O Papa Francisco tem acompanhado o desdobramento dos acontecimentos, exortando sempre ao diálogo, como único caminho para sair da crise.

A tensão no país é alta, não obstante o governo tente passar uma situação de normalidade. Diariamente há manifestações de protesto e confrontos. Na última semana, o cardeal Leopoldo Brenes declarou ao jornal “El Nuevo Diario” que “a perseguição a pessoas que não concordam com o governo é algo negativo: devemos conter os ânimos de modo que o país possa verdadeiramente alcançar uma autêntica normalidade.”

Daniel Ortega não aceita a mediação da OEA, acusando-a de ser “controlada por governos de direita”, que com o apoio dos EUA interferem em assuntos internos do país.

Ouça e compartilhe!

 

12 agosto 2018, 07:42