Busca

Vatican News
Peregrinos chegando em Assis Peregrinos chegando em Assis  (Jozef Bartkovjak)

Assis: a programação do Papa com os pobres

Será um encontro de oração e testemunho: assim a Sala de Imprensa da Santa Sé comunicou a programação do Papa Francisco em Assis no próximo dia 12 de novembro por ocasião do Dia Mundial dos Pobres. Serão cerca de três horas passadas junto com 500 pessoas em situação de pobreza de toda a Europa, um tempo curto mas intenso de escuta e oração

Vatican News

A Sala de Imprensa da Santa Sé comunicou a programação do Papa Francisco em Assis no próximo dia 12 de novembro por ocasião do Dia Mundial dos Pobres. Será um encontro de oração e testemunho na terra natal de São Francisco.

Ouça e compartilhe

A chegada

A chegada do Papa está prevista para as 9 horas da manhã de helicóptero. O Santo Padre será acolhido pelas Autoridades locais em seguida os pobres presentes formarão um “abraço” ideal no átrio da Basílica para lhe dar as boas-vindas. 

Um grupo de cerca de 500 pessoas em situação de pobreza de diferentes partes da Europa lhe entregará simbolicamente o manto e o bastão do Peregrino, indicando que todos eles vieram como peregrinos aos lugares de São Francisco, para ouvir sua palavra. De lá caminharão juntos em procissão em direção à Basílica. A princípio, Francisco, refazendo os gestos do Santo de Assis, fará uma pausa para rezar na Porciúncula, um dos lugares mais importantes da vida do frade, que naquela época gostava de acolher seus confrades, os muitos pobres e onde Santa Clara decidiu consagrar-se ao Senhor. No mesmo local, também fará um gesto significativo: no final da celebração, abençoará uma pedra previamente retirada da Portiuncula para ser doada a alguns representantes do abrigo para os sem-teto "Rosas de São Francisco" de Trsat, na Croácia, fundado em 2007 pela fraternidade local da Ordem Franciscana Secular de Trsat, na cidade de Rijeka.

Na Basílica

Também na Basílica haverá um momento de escuta: os testemunhos de seis pessoas pobres (dois franceses, um polonês, um espanhol e dois italianos) aos quais o Papa responderá. Depois, às 10h30 da manhã haverá um intervalo para oferecer um lanche aos presentes e às 11h o retorno à Basílica para um momento de oração e a distribuição de presentes do Santo Padre aos pobres. Após as saudações, Francisco retornará ao Vaticano de helicóptero enquanto as 500 pessoas presentes serão recebidas para o almoço pelo Bispo de Assis, Dom Domenico Sorrentino. 

"Sempre tereis pobres entre vós"

Este momento do Papa com os pobres - explica o Pontifício Conselho para a Promoção da Nova Evangelização - prepara, juntamente com uma série de iniciativas, o próximo Dia Mundial de 14 de novembro desejado por Francisco precisamente para exortar a Igreja e os fiéis a "sair" ao encontro da pobreza nos vários significados em que ela se manifesta no mundo moderno e a estender a mão aos mais necessitados. O fio condutor será o lema escolhido para o Dia: "Sempre tereis pobres entre vós". (Mc 14,7). 

 

08 novembro 2021, 16:37