Busca

Vatican News
Papa em viagem apostólica à Tailândia e Japão, quando encontrou líderes religiosos Papa em viagem apostólica à Tailândia e Japão, quando encontrou líderes religiosos  (Vatican Media)

Francisco no Dia da Diversidade Cultural: juntos, buscar a verdade no diálogo

O Papa lançou o primeiro tuíte desta sexta-feira (21) pelo Dia Mundial da Diversidade Cultural e para o Diálogo e o Desenvolvimento, instituído pela Unesco. Encorajou a busca pela verdade entre os povos “no diálogo, na conversa tranquila ou na discussão apaixonada”, mas também no silêncio, para alcançar a paz. Um evento internacional sobre economia criativa também está sendo realizado hoje para estimular a retomada das indústrias culturais na pós-pandemia.

Andressa Collet - Vatican News

Ouça a reportagem e compartilhe

O mundo celebra nesta sexta-feira (21) o Dia Mundial da Diversidade Cultural e para o Diálogo e o Desenvolvimento e o Papa Francisco direciona a primeira mensagem no Twitter para a data, instituída em 2002 pelas Nações Unidas. Francisco afirma:

“Podemos buscar juntos a verdade no diálogo, na conversa tranquila ou na discussão apaixonada. É um caminho perseverante, feito também de silêncios, capaz de recolher pacientemente a vasta experiência das pessoas e da diversidade cultural dos povos.”

A crise da diversidade cultural na pandemia

Em mensagem da diretora-geral da Unesco para a ocasião, Audrey Azoulay afirma que, "por mais de um ano, a crise da Covid-19 resultou em uma crise de diversidade cultural. O fechamento de museus e locais de patrimônio mundial e o cancelamento de festivais, concertos e cerimônias lançaram o mundo da cultura em um estado angustiante de incerteza, ameaçando especialmente os criadores independentes, que são a força vital da diversidade cultural".

Investir na economia criativa para estimular a retomada na pós-pandemia também é o objetivo de um evento de alto nível sobre a cultura e o desenvolvimento sustentável que está sendo realizado nesta sexta-feira (21), a partir de Nova York, nos Estados Unidos, por convocação do presidente das Nações Unidades, Volkan Bozkir. Segundo ele, durante os dias mais sombrios da pandemia, muitos encontraram “consolo na música, livros e filmes. Mas muitos artistas e profissionais da cultura sofreram financeiramente. Ao trabalharmos para nos recuperarmos da Covid-19, devemos simultaneamente aproveitar as capacidades daqueles na esfera criativa e garantir que nenhum artista ou profissional cultural seja deixado para trás”.

O encontro internacional “rumo a um setor cultural mais resiliente e de impacto”,  pretende compartilhar experiências sobre medidas de resposta a crises para apoiar a economia criativa durante a pandemia, como também, identificar lacunas e soluções na implementação. O evento ganha transmissão ao vivo no site webtv.un.org.

O diálogo intercultural pela paz

Neste ano, então, todos são convidados a participar e a promover a cultura, destacando o significado da sua diversidade como agente de inclusão e de mudança positiva. É uma oportunidade para celebrar as várias formas de cultura, desde as indústrias tangíveis e intangíveis até aquelas criativas, de diversidade de expressão cultural, e também para refletir sobre como elas contribuem para o diálogo, a compreensão mútua e os vetores sociais, ambientais e econômicos do desenvolvimento sustentável.

A data instituída pela Unesco celebra, assim, não apenas a riqueza das culturas do mundo, mas também o papel essencial do diálogo intercultural para transformar a sociedade e alcançar a paz entre línguas e religiões diferentes.

21 maio 2021, 11:30