Busca

Vatican News

Papa faz visita surpresa aos pobres que recebem no Vaticano 2ª dose anti-Covid

O Papa saudou todos aqueles que aguardavam, na entrada da Sala Paulo VI, no Vaticano, receber a segunda dose da vacina anti-Covid. Francisco ofereceu um ovo de chocolate, que foi distribuído a todos pelos voluntários, seguindo as medidas sanitárias em vigor. Os presentes entoaram um canto de felicitações pelo onomástico do Santo Padre, esta sexta-feira, dia 23, enquanto ele parou para conversar com alguns dos voluntários, num ambiente festivo e afetuoso

Raimundo de Lima - Vatican News

Ouça e compartilhe!

No dia de seu onomástico, esta sexta-feira, 23 de abril, memória litúrgica de São Jorge Mártir, pouco depois das 10h30 da manhã, o Papa Francisco foi ao átrio da Sala Paulo VI, no Vaticano, para visitar as pessoas necessitadas acolhidas e acompanhadas por algumas associações romanas enquanto esperavam para serem vacinadas, informa um comunicado da Sala de Imprensa da Santa Sé.

Um encontro festivo e afetuoso com o Santo Padre

O Papa saudou os presentes ao longo do percurso preparado no átrio para a vacinação, desde a entrada até a área de espera após a conclusão do procedimento prévio à vacinação. No final do trajeto, Francisco parou para oferecer um ovo de chocolate, que foi distribuído a todos pelos voluntários, de acordo com as medidas sanitárias em vigor.

Ao sair, informa ainda o referido comunicado, os presentes entoaram um canto de felicitações pelo onomástico do Santo Padre, enquanto ele parou para conversar com alguns dos voluntários, num ambiente festivo e afetuoso, agradecendo-lhes e recomendando-lhes que "continuem em seu compromisso!

Gratidão do Papa Francisco

Através do Esmoleiro, o Santo Padre dirigiu palavras de gratidão àqueles que contribuíram para o procedimento de vacinação e para a iniciativa da "vacina suspensa" que permitirá alcançar muitos que aguardam a vacinação nos países mais pobres.

Pouco depois das 11h da manhã, o Papa Francisco voltou para a Casa Santa Marta. Nesta sexta-feira "serão vacinadas pouco menos de 600 das aproximadamente 1400 pessoas carentes que receberam a primeira dose semanas atrás", conclui a referida comunicação da Sala de Imprensa vaticana.

Essas mulheres e homens fazem parte dos cerca de 1.400 beneficiários da campanha de vacinação anti Covid-19 iniciada durante a Semana Santa pela Esmolaria Apostólica em colaboração com outras associações.

Visita do Papa ao local de vacinação na Sala Paulo VI, no Vaticano
23 abril 2021, 12:52