Busca

Vatican News

Papa faz apelo pela Nigéria, recorda martírio de quatro missionárias em El Salvador

A oração do Papa pela Nigéria e o apelo à conversão de quem comete horrores como o massacre de sábado passado no país africano. Ainda na audiênci ageral desta quarta-feira, Francisco recorda o martírio de quatro missionárias da América do Norte, assassinadas em El Salvador em 1980

Raimundo de Lima - Vatican News

Ouça a reportagem com a voz do Papa Francisco

Ao término da audiência geral desta quarta-feira (02/12) na Biblioteca do Palácio Apostólico, o Santo Padre assegurou sua oração pela Nigéria, país africano, “infelizmente – disse Francisco –, ensanguentado por um massacre terrorista.

“Sábado passado, no nordeste do país, mais de cem camponeses foram brutalmente assassinados. Que Deus os receba em Sua paz e conforte seus familiares; e converta os corações daqueles que cometem tais horrores, que ofendem gravemente Seu nome”, ressaltou o Papa.

 

Martírio de quatro missionárias em El Salvador em 1980

O Pontífice lembrou também que esta quarta-feira é o quadragésimo aniversário da morte de quatro missionárias da América do Norte assassinadas em El Salvador, na América Central:

“As irmãs de Maryknoll Ita Ford e Maura Clarke, a irmã Ursulina Dorothy Kazel e a voluntária Jean Donovan. Em 2 de dezembro de 1980, foram sequestradas, estupradas e assassinadas por um grupo de paramilitares.”

“Elas prestavam seu serviço em El Salvador no contexto da guerra civil. Com compromisso evangélico e assumindo grandes riscos, levavam alimentos e remédios para as pessoas deslocadas e ajudavam as famílias mais pobres. Estas mulheres viveram sua fé com grande generosidade. São um exemplo para todos a tornarem-se fiéis discípulos missionários.”

02 dezembro 2020, 11:04