Busca

Vatican News

Papa: após quarentena, redescobrir a beleza de lugares livres do tráfego

Depois da oração mariana do Angelus deste domingo (21), Francisco fez referência a lugares como a Itália que já vivem a flexibilização da quarentena e sentem as consequências positivas do lockdown que “reduziu a poluição e fez redescobrir a beleza de muitos lugares livres do tráfego e do barulho”. Uma fase para refletir sobre a relação homem-ambiente que também exige maior responsabilidade no cuidado da Casa Comum.

Vatican News

Para o Papa Francisco, a pandemia deu a possibilidade da humanidade refletir sobre a relação homem e meio ambiente. Depois da oração mariana do Angelus deste domingo (21), o Pontífice fez referência a lugares como a Itália que já vivem a flexibilização da quarentena e sentem as consequências positivas do lockdown. Uma fase que também exige maior responsabilidade no cuidado da criação:

“O bloqueio reduziu a poluição e nos fez redescobrir a beleza de muitos lugares livres do tráfego e do barulho. Agora, com a retomada das atividades, todos nós deveríamos ser mais responsáveis no cuidado da Casa Comum.”

Tevere bike

O Pontífice também disse apreciar as iniciativas, realizadas em todo o mundo, que seguem essa direção. Ele então citou o evento que acontece neste domingo (21), em Roma: é o “Tevere bike”, dedicado ao rio Tibre, um tipo de desfile de bicicletas para testemunhar que se pode retomar as atividades na Itália – e com segurança, de maneira saudável e consciente.

O presidente da Associação Tevere Day, que promove o evento, Alberto Acciari, disse que “a retomada social, ecológica e econômica que todos queremos não poderia não começar pelo seu rio”. Iniciativas que valorizam ainda mais a relação homem-ambiente: “que elas possam promover uma cidadania sempre mais consciente deste bem comum essencial”, afirmou o Papa Francisco no Angelus.

21 junho 2020, 18:44