Cerca

Vatican News
O ícone da Virgem Maria abençoado neste domingo pelo Papa Francisco O ícone da Virgem Maria abençoado neste domingo pelo Papa Francisco 

Papa abençoa ícone da Virgem das Dores, consoladora dos sírios

Um novo gesto do Papa em apoio à campanha de oração "Consola o meu povo", promovida pela Ajuda à Igreja que Sofre, juntamente com as Igrejas Católica e Ortodoxas da Síria, em favor dos cristãos sírios cujos parentes foram sequestrados ou mortos nos oito anos de conflito.

Cidade do Vaticano

O Papa Francisco recebeu na manhã deste domingo, 15, na Casa Santa Marta, uma delegação da Fundação de direito Pontifício "Ajuda à Igreja que Sofre" (AIS), guiada pelo cardeal Mauro Piacenza, presidente internacional da entidade.

Ouça e compartilhe!

O Santo Padre abençoou um ícone criado por um artista greco-ortodoxo, por ocasião da campanha de oração "Consola meu povo".

 

Em 15 de agosto, o Papa já havia demonstrado seu apoio à iniciativa, convidando excepcionalmente o diretor executivo internacional da AIS, Thomas Heine-Geldern, a aparecer na janela de seu escritório ao final do Angelus, para a bênção dos Rosários.

Um povo em oração

 

Esses rosários, feitos pelos artesãos cristãos de Belém e Damasco, são distribuídos hoje por ocasião da festa das Sete Dores da Bem-Aventurada Virgem Maria, nas paróquias de todas as 34 dioceses sírias, quer católicas como ortodoxas.

Os fiéis rezam pelos mortos, pelos sequestrados e por suas famílias. São cerca de 2.000 as famílias cristãs que perderam ao menos um de seus entes queridos durante o conflito.

Além dos rosários, também são distribuídas Bíblias em árabe, doadas pela AIS e cruzes de madeira de oliveiras da Terra Santa, abençoadas pelo Patriarca sírio-ortodoxo Ephrem III.

O Papa Francisco aderiu diversas vezes às iniciativas da Ajuda à Igreja que Sofre, em benefício da população síria atormentada.

Também no domingo, 2 de dezembro, depois do Angelus, o Papa acendeu uma vela aderindo à campanha de oração da Fundação "Velas pela Paz na Síria".

Após o encontro de hoje, o cardeal Mauro Piacenza enfatiza como o mundo tem tanta necessidade de compaixão e a festa de Nossa Senhora das Dores dá uma lição verdadeira e profunda de compaixão, de ternura materna.

O agrdecimento de família cristã síria
O agrdecimento de família cristã síria

 

15 setembro 2019, 14:22