Busca

Vatican News
O encontro do Papa Francisco com os jovens do Paraguai, em julho de 2015, em Assunção O encontro do Papa Francisco com os jovens do Paraguai, em julho de 2015, em Assunção 

Papa a jovens do Paraguai: abracem Jesus e sejam amigos

Francisco enviou uma mensagem por ocasião dos trabalhos de conclusão do Triênio da Juventude que terminou no domingo (25), em Assunção. O Pontífice encorajou “a abraçar Jesus Cristo” e a serem amigos para que “permaneçam nEle e possam dar muitos frutos” – como bem indicava o tema deste ano.

Andressa Collet – Cidade do Vaticano

Ouça a reportagem e compartilhe

O Papa Francisco enviou uma mensagem aos quase 600 jovens do Triênio da Juventude que terminou domingo (25), em Assunção, no Paraguai. A carta do Pontífice assinada pelo secretário de Estado, o Card. Pietro Parolin, foi lida ao final da missa de conclusão do encontro.

O bispo de São Pedro e responsável pela Pastoral Juvenil, Dom Pierre Jubinville, foi quem leu o texto em que o Papa encorajava os jovens “a abraçar Jesus Cristo” que os chamou a serem “seus amigos” para que “permaneçam nEle e possam dar muitos frutos” – como bem indicava o tema deste ano de Triênio, ao incentivar a realização de ações social, pastoral e missionária em favor da juventude.

Ao mesmo tempo, Francisco exortou a juventude “a escutar a voz do Senhor” que envia os jovens, “individualmente e como comunidade”, a serem “discípulos missionários, testemunhas da Boa Nova da salvação entre os mais pobres”. O Papa finalizou a mensagem invocando “a intercessão materna” de Nossa Senhora de Caacupé, conhecida como “Virgem Azul do Paraguai”, a padroeira do país.

O Triênio da Juventude do Paraguai

2019 foi o marco do último ano do Triênio da Juventude que começou em 2017, no Paraguai, para dar prioridade à animação pastoral dos jovens através da experiência de Cristo. De fato, todos foram  chamados a se conectar profundamente a Ele através do lema: “Abraçar-se a Jesus Cristo”.

No evento de conclusão, de 23 a 25 de agosto, em Assunção, o Fórum Nacional dos Jovens reuniu centenas de jovens representantes das dioceses e dos Vicariatos Apostólicos do Paraguai, das menores comunidades até as maiores paróquias, movimentos, congregações religiosas, serviços e grupos.

O Triênio, porém, promoveu durante os últimos anos momentos de escuta, de testemunhos e laboratórios dedicados à centralidade da fé e aos argumentos mais sensíveis aos jovens em nível eclesial e social no país. Além disso, os jovens puderam receber formação integral para contribuir de forma dinâmica e alegre com a Igreja e com a sociedade, favorecendo, assim, uma participação aberta, servidora, missionária e transformadora.

Fazendo “uma bagunça do bem”

Segundo Dom Pierre, os trabalhos do Triênio foram sempre motivados pelo discurso do Papa Francisco aos jovens feito em julho de 2015, às margens do Rio Costanera, em Assunção, durante a viagem apostólica do Pontífice ao Equador, Bolívia e Paraguai:

“Façam bagunça! Mas também ajudem a arrumar e organizar a bagunça que vocês fazem. Duas coisas: façam bagunça e organizem-na bem. Uma bagunça que nos dê um coração livre, uma bagunça que nos dê solidariedade, uma bagunça que nos dê esperança, uma bagunça que nasça de ter conhecido Jesus e de saber que Deus, a quem conheci, é a minha fortaleza. Essa é a bagunça que devem fazer.”

Photogallery

Fotos do Papa com os jovens (Costanera, em Assunção - 2015)
27 agosto 2019, 10:50