Cerca

Vatican News
Na Audiência Geral, Papa Francisco desejou “coralidade” na reconstrução da catedral Na Audiência Geral, Papa Francisco desejou “coralidade” na reconstrução da catedral 

Telefonema de Trump ao Papa sobre incêndio na Notre Dame

A solidariedade do presidente americano ao Pontífice depois do incêndio da Catedral de Notre Dame, em Paris, chegou na tarde desta quarta-feira (17). Pela manhã, durante a Audiência Geral, o Papa Francisco saudou os peregrinos franceses e desejou “coralidade” na reconstrução.

Andressa Collet - Cidade do Vaticano

O Papa Francisco recebeu um telefonema na tarde desta quarta-feira (17) do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. Ao se referir à devastação da Catedral de Notre Dame, em Paris, Trump expressou ao Pontífice a sua solidariedade, em nome do povo americano. O telefonema foi confirmado através de um tweet do diretor interino da Sala de Imprensa da Santa Sé, Alessandro Gisotti.

Na parte da manhã, durante a Audiência Geral na Praça São Pedro, o Papa Francisco saudou os peregrinos franceses e disse estar muito abalado pelo incêndio na Catedral de Paris. O Pontífice também agradeceu o trabalho realizado pelos bombeiros, em nome de toda a Igreja, e desejou “coralidade” na reconstrução do templo.

A reconstrução

Até agora, quase 1 bilhão de euros foram recolhidos para a reconstrução da Catedral de Paris. A agência de notícias Reuters faz saber, porém, que um plano de emergência salvou a maior parte dos tesouros da Notre Dame: cerca de 90% das relíquias e obras de arte foram salvas do incêndio devastador da última segunda-feira (15), já que os planos de emergência funcionaram.

O plano de emergência incluiu, por exemplo, ordenar os objetos por prioridades para remoção. São mais de mil os tesouros da Notre Dame, entre metais preciosos, trajes religiosos e pinturas. De fato, autoridades disseram que funcionários de emergência formaram uma cadeia humana para retirar os itens do caminho do fogo durante o incêndio.

Missa de Páscoa em Paris

Exatamente às 18h50 (horário italiano) desta quarta-feira (17), momento do início do incêndio da catedral na segunda-feira, os sinos de todas as catedrais da França foram tocados. A missa de Páscoa, que deveria ser celebrada na Notre Dame, foi transferida para a Igreja de Santo Eustáquio, com início às 11h de domingo (21).

Ouça a reportagem
18 abril 2019, 11:24