Busca

Vatican News
Abu Dhabi dá as boas-vindas ao Papa Abu Dhabi dá as boas-vindas ao Papa  

Missa no estádio de Abu Dhabi: comunidade filipina 'radiante'

Segundo a embaixadora das Filipinas nos Emirados Árabes, a visita do Papa "não só fortalecerá a fé da comunidade católica, mas os inspirará a viver com humildade, compaixão e generosidade". São 700 mil os filipinos trabalhadores no país.

Cidade do Vaticano

O tema “Fazei-me instrumento de vossa paz” explica bem o significado desta viagem apostólica do líder católico mundial a um país aonde os seus fiéis são apenas 10% da população. Os Emirados Árabes são a 41ª meta de Francisco, que foi até lá para escrever uma nova página na história das religiões e selar uma das principais missões de seu Pontificado: “Construir pontes” de diálogo com muçulmanos e tentar romper a lógica da instrumentalização das religiões com o ódio e a violência.

O segundo, mas não menos importante, evento da missão, é o encontro com a comunidade católica, formada prevalentemente por filipinos e indianos. Para eles, o Papa presidirá uma missa terça-feira (05/02) no estádio da capital, Abu Dhabi, o maior do país. Radiantes com esta possibilidade, caravanas de filipinos estão chegando de outros países vizinhos para participar.

Ouça a reportagem completa

 

Falando à Agência de Notícias Emirates, à WAM e ao ‘The Filipino Times’, Hjayceelyn Quintana, embaixadora do país nos Emirados, assegura que será uma ‘honra’ receber o Santo Padre, em nome dos 700.000 filipinos residentes.

“ Estão muito felizes por ter esta oportunidade única na vida de serem abençoados com a presença do Papa Francisco. Sem dúvida, o evento não só fortalecerá a fé da comunidade católica, mas os inspirará a viver com humildade, compaixão e generosidade. ”

Agradecendo o governo do reino por tornar possível a visita do Papa, a embaixadora acrescenta que 2019 foi declarado "Ano da Tolerância" nos Emirados Árabes Unidos.

“O gesto evidencia a forte consciência de todas as pessoas que vivem nesta sociedade, altamente diversificada, os valores da harmonia, fraternidade e humanidade”, diz, frisando que nisto, os Emirados são verdadeiramente únicos e um exemplo para o mundo , digno de admiração e emulação. A visita é uma prova do compromisso duradouro deste país em promover a tolerância entre as diferentes cidadanias que consideram os Emirados como sua segunda casa”.

“Aos fiéis filipinos de todo o Oriente Médio que participarão das atividades relacionadas com a visita do Papa Francisco, somos gratos e estendemos as mãos”. A declaração se conclui com uma citação do Salmo 133:

“ Como é bom e agradável quando o povo de Deus vive em unidade. ”

 

04 fevereiro 2019, 10:42