Cerca

Vatican News
Reunião do Conselho de Cardeais - dezembro de 2018 Reunião do Conselho de Cardeais - dezembro de 2018  (Vatican Media)

Papa Francisco abre nova reunião do Conselho de Cardeais

Iniciada a 28ª Reunião do Conselho de Cardeais: entre os temas no centro dos trabalhos, a nova Constituição apostólica para a Cúria Romana. Instituído por Francisco em 2013 com a finalidade principal de coadjuvá-lo no governo universal da Igreja, atualmente o Conselho é composto por seis cardeais

Cidade do Vaticano

Teve início na manhã desta segunda-feira (18/02) no Vaticano, na presença do Papa Francisco, a 28ª Reunião do Conselho de Cardeais. Os trabalhos prosseguirão até esta quarta-feira, 20 de fevereiro.

Ouça a reportagem

Na última reunião, realizada de 10 a 12 de dezembro do ano passado, os cardeais conselheiros abordaram vários temas, entre os quais, a contenção dos custos da Santa Sé, a reunião com os presidentes das Conferências episcopais do mundo inteiro sobre o tema “A proteção dos menores na Igreja”, que se realizará de 21 a 24 de fevereiro, e a Constituição apostólica da Cúria Romana.

Ademais, tinham sido aprofundadas questões relativas ao Dicastério para a Comunicação. Foi entregue ao Papa uma nova proposta da Constituição apostólica, cujo título é Praedicate evangelium.

Instituição do Conselho de Cardeais

Francisco instituiu o Conselho de Cardeais com o Quirógrafo de 28 de setembro de 2013 com a finalidade principal de aconselhá-lo no governo universal da Igreja e com a tarefa de estudar um projeto de nova Constituição apostólica sobre a Cúria. A primeira reunião realizou-se de 1º a 3 de outubro de 2013.

Atualmente, o Conselho é composto por seis cardeais: o arcebispo de Tegucigalpa, Honduras, Óscar Andrés Rodrígues Maradiaga, que é o cardeal coordenador do Conselho; o presidente do Governatorato do estado da Cidade do Vaticano, cardeal Giuseppe Bertello; o arcebispo de metropolitano de Bombay, na Índia, cardeal Osvald Gracias; o arcebispo metropolitano de Munique, na Alemanha, cardeal Reinhard Marx; o arcebispo de Boston, nos EUA, cardeal Sean Patrick O’Malley; e o secretário de Estado vaticano, cardeal Pietro Parolin. No Conselho estão presentes também o bispo de Albano – na região italiana do Lácio – Dom Marcello Semeraro, que é o secretário, e Dom Marco Mellino, que é o secretário adjunto.

Após pedido expresso pelos cardeais, ao término da 26ª reunião do Conselho de Cardeais (10-12 de setembro de 2018), em relação a uma reflexão sobre o trabalho, a estrutura e composição do próprio Conselho, considerando também a idade avançada de alguns membros, no final de outubro o Papa Francisco escreveu aos cardeais George Pell, Francisco Errázuriz e Laurent Monsengwo Pasinya, agradecendo-lhes pelo trabalho por eles realizado nestes cinco anos. Considerada a fase do trabalho do Conselho – foi precisado – neste momento não está prevista a nomeação de novos membros.

18 fevereiro 2019, 15:13