Versão Beta

Cerca

Vatican News
Papa Francisco comenta para o programa "Ave Maria" Papa Francisco comenta para o programa "Ave Maria" 

Papa fala da bênção dos filhos no novo episódio de “Ave Maria"

No novo episódio do programa “Ave Maria” da TV2000, da Conferência Episcopal Italiana, criado em sinergia com o Dicastério para a Comunicação da Santa Sé, o Papa Francisco fala da bênção representada pelos filhos e cita o caso da jovem romana que estava grávida e morreu por ter recusado o tratamento que a obrigaria a interromper a gravidez

Cidade do Vaticano

“Um filho é sempre uma bênção”. São palavras do Papa Francisco no quarto episódio de “Ave Maria”, o programa da TV2000 fruto da colaboração com o Dicastério para a Comunicação, conduzido pelo padre Marco Pozza. Todavia, Francisco recorda também que um filho pode ser “uma cruz para a mãe”. E cita o caso da jovem grávida de Roma que faleceu por ter recusado o tratamento que teria comprometido a vida do bebê – pela qual está sendo feita causa de beatificação.

A ternura de todas as mães

“Sem ternura – diz ainda o Papa – não é possível entender uma mãe. A mãe é a única que pode entender um filho porque o conhece nu, no seu ventre, no momento do parto, ele está nu. Maria, o recebeu nu aos pés da Cruz e cobriu-o novamente. Maria – prossegue o Papa – é uma bênção para nós porque é a mãe da nossa nudez. O pecado nos despe, nos deixa nus, ela nos cobre, sempre”.

A graça do Espírito Santo

O Papa sublinha que “Maria não era onipotente, era uma mulher normal, cheia de graça, mas normal. E a força daquela Graça é do Espírito Santo, que acompanha Maria durante toda vida”. Francisco reitera como “nós somos devedores de vida a uma mulher”. Todos. E quando dizemos “Ave Maria” nos ligamos à Nossa Senhora e também às nossas mães”.

Ouça e compartilhe
06 novembro 2018, 10:55