Cerca

Vatican News

Lituânia: a oração do Papa diante da Virgem Negra. "Construir pontes e não muros"

Diante da Capelinha da Virgem Negra, o Santo Padre presidiu à oração do terceiro Mistério Gozoso do terço.

Manoel Tavares - Cidade do Vaticano

Na parte da tarde, Francisco visitou o Santuário da Mãe da Misericórdia, situado ao lado da “Porta Aurora”, onde os fiéis veneram a imagem da Virgem Negra, chamada “Mãe da Misericórdia”, por cuja intercessão, ao longo dos séculos, ocorreram numerosos prodígios.

Diante da Capelinha da Virgem Negra, o Santo Padre rezou com presentes o terceiro Mistério Gozoso do terço, sobre o nascimento de Jesus na gruta em Belém, fazendo a seguir, um breve pronunciamento:

“ Encontramo-nos diante da Porta da Aurora, que resta das muralhas desta cidade, que serviam para defender o povo dos perigos e provocações. Nesta Porta, que permaneceu em pé depois da invasão do exército, em 1799, já se encontrava a imagem da Virgem da Misericórdia, a Santíssima Mãe de Deus, que sempre nos socorre e vem em nosso auxílio. ”

Caminhar fraternalmente

Desde então - recordou o Papa –, ela nos ensina que se pode proteger sem atacar, que é possível ser prudentes sem a necessidade doentia de desconfiar. Esta Mãe, sem o Menino nos braços, toda dourada, é a Mãe de todos. No passado, foram construídas diversas fortalezas, mas, hoje, sentimos a necessidade de nos olharmos de frente, como irmãos, e caminhar juntos fraternalmente.

E Francisco afirmou:

“Todos os dias, uma multidão de pessoas vesantuariom rezar diante da imagem da Mãe da Misericórdia: lituanos, poloneses, bielorrussos e russos, católicos e ortodoxos. Tudo isso, graças à liberdade de circulação entre os países. Que bom se conseguíssemos também construir pontes de encontro e solidariedade entre todos. Como uma boa mãe, a Mãe da Misericórdia busca reunir famílias e crianças, que, com seus sofrimentos e obscuridades, anseiam pela nossa caridade, a chave que abre as portas do Céu”.

Construir pontes, não muros!

O Santo Padre concluiu seu pronunciamento, pedindo a proteção da Virgem Negra sobre comunidade lituana, para que possa anunciar Jesus Cristo, nossa Esperança, manter uma pátria acolhedora, paciente e solidária, e construir pontes, não muros!

Após a oração mariana, o Papa ofereceu um Terço de ouro em homenagem à Santíssima Virgem Maria. Depois, dirigiu-se à janela do Santuário da Mãe da Misericórdia, para abençoar a multidão presente.

Por fim, Francisco deslocou-se de papamóvel para a Catedral de Vilnius, dedicada aos Santos Estanislau e Ladislau, diante da qual manteve um encontro com a Juventude da Lituânia.

Ouça a reportagem com a voz do Papa Francisco
22 setembro 2018, 15:34