Versão Beta

Cerca

Vatican News
International Pilgrimage of altar boys and girls of the Coet Papa Francisco encontra os jovens da XII Peregrinação Internacional dos Ministrantes  (ANSA)

Os ministrantes agradecem ao Papa pelo encorajamento

Na conclusão da XII Peregrinação Internacional dos ministrantes, que reuniu cerca de 80 mil jovens e adolescentes provenientes de 18 países, os bispos e os jovens falam de “dons” recebidos por ocasião deste grande evento de fé.

Cidade do Vaticano

Dom Ladislav Nemet, presidente da CIM (Coetus Internationalis Ministrantium) que organizou a XII Peregrinação Internacional dos Ministrantes faz um balanço positivo dos frutos deixados pelo evento que se conclui nesta sexta-feira (03/08).

"Busca a paz e vai ao seu encalço" (Salmo 33,15b) foi o lema escolhido para a peregrinação dos coroinhas que teve seu ponto alto no encontro com o Papa Francisco na Praça São Pedro, na terça-feira, 31 de julho.

“O encorajamento do Papa Francisco de trabalhar pela paz começando com nós mesmos e com a nossa família sem qualquer dúvida será a mensagem mais forte que os jovens levarão para casa”.

O sucesso do evento deve-se ao espírito de comunhão

Para Dom Nemet, “depois de quatro dias de eventos podemos dizer tudo deu certo” referindo-se às várias iniciativas que marcaram a peregrinação. O bispo falou que o “espírito de comunhão” animou os vários encontros e as Missas celebradas em várias línguas.

Papa Francisco próximo dos coroinhas

Dom Nemet recorda que o momento mais importante foi a audiência com o Papa Francisco na Praça São Pedro, na terça-feira (31/07): “Ele esteve sempre presente com seu afeto e a sua oração. Um momento emocionante foi quando o Santo Padre disse-me para perguntar em alemão (a maioria era de língua alemã) aos ministrantes se eles sentiam-se encorajados com as suas palavras”. Enfim o bispo falou sobre o minuto de silêncio que o Papa pediu aos jovens: “Foi a primeira experiência deste tipo, 80 mil pessoas em silêncio na Praça São Pedro em comunhão com a Igreja demonstram que Deus age no coração de todos nós”.

Ministrantes com luz nos olhos

O entusiasmo dos jovens coroinhas foi o centro das palavras do bispo Stefan Oster: “Apesar dos 40 graus debaixo de um sol forte os jovens viveram com grande alegria uma experiência que ficará para sempre dentro de cada um”. “Ontem a noite – prosseguiu – encontrei um grupo de ministrantes que fez o percurso das Sete igrejas depois do encontro na Praça São Pedro, estavam cansados mas tinham os olhos brilhantes”.

As emoções dos ministrantes

As emoções destes dias foram testemunhadas também por dois ministrantes. O alemão Jones Ferstl e o britânico Cedric Fernandes falaram da “belíssima atmosfera” que encontraram em Roma, das amizades que nasceram com os jovens de outras dioceses, das palavras de encorajamento recebidas do Papa e da sua participação na vida da Igreja. Ambos manifestaram o propósito de voltar à Roma para a próxima Peregrinação.

Ouça e compartilhe!
03 agosto 2018, 11:29