Versão Beta

Cerca

Vatican News
Papa Francisco em oração Papa Francisco em oração 

Papa encontra segundo grupo de vítimas de abusos no Chile

Papa Francisco ouvirá este fim de semana outras vítimas de abusos. No sábado, 02 de junho, a Missa na Capela da Casa Santa Marta, no Vaticano

Cidade do Vaticano

Escutar, rezar, ter a coragem de olhar, mesmo se com “vergonha”, para as chagas escavadas com profundidade no homem, no povo de Deus em sua inteireza. A ação tomada pelo Papa Francisco olhando para o sofrimento do Chile e do mundo, que enfrenta a chaga dos abusos de poder, de consciência e sexuais cometidos pelo clero, é uma grande ação pastoral, que se move no respeito e no serviço.

Processo de revisão e purificação

Para o Papa, “como Igreja”, “não se pode “prosseguir no caminho, ignorando a dor” de quem sofre, e “todo o processo de revisão e purificação que se está vivendo – afirma na carta que escreveu na quinta-feira (31/05) ao Povo do Chile – é possível graças ao esforço e à perseverança de pessoas concretas, as quais também contra toda esperança e descrédito, não se cansaram de buscar a verdade”.

 

Neste doloroso percurso Francisco reiteradas vezes pediu o auxílio da oração. Assim foi antes e depois do encontro no Vaticano, em meados de maio, com os bispos chilenos. E o Conselho Permanente da própria Conferência episcopal, num comunicado, exorta todos à “reflexão e ação para superar a cultura do abuso e do ocultamento”.

01 junho 2018, 20:30