Cerca

Vatican News
106 pessoas morreram no acidente 106 pessoas morreram no acidente  (AFP or licensors)

Acidente aéreo em Cuba: a tristeza do Papa

O Papa Francisco enviou um telegrama ao Presidente da Conferência Episcopal Cubana, arcebispo de Santiago, Dom Dionísio García Ibáñez, apresentando suas condolências pelas vítimas do trágico acidente aéreo ocorrido sexta-feira (18/05) nas proximidades do aeroporto "Jose' Marti" de Havana, em Cuba.

Cidade do Vaticano

O Papa Francisco enviou um telegrama ao Presidente da Conferência Episcopal Cubana, arcebispo de Santiago, Dom Dionísio García Ibáñez, apresentando suas condolências pelas vítimas do trágico acidente aéreo ocorrido sexta-feira (18/05) nas proximidades do aeroporto "Jose' Marti" de Havana, em Cuba.

“ Fiquei profundamente triste ao receber a dolorosa notícia do acidente, que causou numerosas vítimas, e ofereço sufrágios para o eterno descanso dos mortos ”

Francisco também manifesta sua proximidade aos feridos

Ao consolar os familiares das vítimas que nestas horas “choram pela inesperada separação de seus entes queridos”, pede ao Senhor que “difunda sobre todas as pessoas envolvidas o dom da serenidade espiritual e da esperança cristã”, concedendo-lhes a sua bênção apostólica.

O telegrama é assinado pelo Secretário de Estado, Cardeal Pietro Parolin.

A bordo do Boeing 737 operado pela companhia estatal Cubana de Aviación, estavam 110 pessoas, seis tripulantes e 104 passageiros – entre eles um bebê e quatro crianças. Segundo as últimas notícias divulgadas pela imprensa local, pelo menos 106 pessoas morreram.

 

19 maio 2018, 14:28