Versão Beta

Cerca

VaticanNews
Santuário de Nossa Senhora do Divino Amor, em Roma Santuário de Nossa Senhora do Divino Amor, em Roma 

Santuário do Divino Amor acolhe Papa Francisco que inaugura mês mariano

O pontífice rezará o Terço no Santuário antigo, diante da imagem de Nossa Senhora dos Milagres, inaugurando o mês mariano.

Cidade do Vaticano

O Papa Francisco visitará, na próxima terça-feira (1º/05), o Santuário de Nossa Senhora do Divino Amor, situado no bairro Castel di Leva, em Roma, onde fará a oração do Terço às 17h locais.

O Santo Padre será acolhido pelo Vigário do Papa para a Diocese de Roma, Dom Angelo De Donatis, pelo bispo auxiliar do setor sul, Dom Paolo Lojudice, pelo presidente dos Oblatos Filhos do Divino Amor, Mons. Enrico Feroci, pelo diretor do santuário, Pe. Luciano Chagas Costa, pelo pároco Pe. John Harry Bermeo Sanchez, pelo reitor do Seminário de Nossa Senhora do Divino Amor, Pe. Vincent Pallippadan, e pelas congregações religiosas dos Oblatos Filhos e Filhas de Nossa Senhora do Divino Amor

Ao chegar, o coro polifônico Mater Divini Amoris, dirigido pelo Pe. Domenico Parrotta, entoará o canto “Tu es Petrus”.

Papa visita Santuário do Divino Amore

O pontífice rezará o Terço no Santuário antigo, diante da imagem de Nossa Senhora dos Milagres, inaugurando o mês mariano.

“ O Papa Francisco rezará de modo especial pela paz no mundo e na Síria. ”

Depois da oração, encontrará as comunidades dos Oblatos Filhos e Filhas de Nossa Senhora do Divino Amor que trabalham no santuário. A seguir, abençoará o túmulo do Servo de Deus Pe. Umberto Terenzi, primeiro reitor e pároco do santuário e fundador das duas congregações religiosas. Depois, conversará com alguns idosos paroquianos que foram batizados por Pe. Terenzi.

Está programado também um encontro com os hóspedes das duas estruturas de acolhimento do santuário: Lar do Divino Amor e a Casa Família Mater Divini Amoris.

A primeira, localizada não muito longe do complexo antigo, acolhe idosos autossuficientes ou parcialmente autossuficientes, homens e mulheres acima de 65 anos, num total de 24 pessoas.

A segunda, localizada no prédio de propriedade da Congregação das Filhas do Divino Amor, hospeda crianças.

O Papa Francisco saudará também a comunidade paroquial que pertence ao santuário e que rezará o Terço na praça em frente ao antigo local de culto.

 

 

 

27 abril 2018, 16:01