Versão Beta

Cerca

Vatican News
Papa Francisco saúda pessoa enferma na Sala Paulo VI Papa Francisco saúda pessoa enferma na Sala Paulo VI  (Vatican Media)

Italiana com câncer recebe telefonema do Papa

Nunzia Mattera, doente de câncer e residente em Casamicciola, Ilha de Ísquia, é presidente da “Cadeia Alimentar Casamicciola” e conhecida na ilha pelo seu trabalho em favor das faixas mais desfavorecidas da região.

Cidade do Vaticano

Na tarde de domingo, 11, antes de ir até a Basílica Santa Maria in Trastevere para encontrar a comunidade de Santo Egídio, o Papa Francisco falou por telefone com Nunzia Mattera, doente de câncer, residente em Casamicciola, Ilha de Ísquia, atingida por um terremoto em agosto de 2017.

“Boa tarde, como a senhora está?”, perguntou o Papa.

“Não muito bem Santidade, porque infelizmente estou doente, tenho um câncer”, respondeu Nunzia, que contou a Francisco ter tido um sonho em que ele aparecia e a abraçava como um pai, “mesmo que eu seja uma mulher de 60 anos”.

“Cheguei até você pelo telefone”, respondeu o Papa, que explicou ter sabido do caso dela pelo bispo de Ísquia, Dom Pietro Lagnese.

A mulher pediu ao Santo Padre para que colocasse em suas orações a cidade de Casamicciola, que sofre com as consequências do terremoto.

A pronta resposta do Papa foi: “Eu rezo pela senhora e a senhora reza por mim”.

A conversa durou 1’30’’.

Nunzia é presidente da “Cadeia Alimentar Casamicciola” e conhecida na ilha pelo seu trabalho em favor das faixas mais desfavorecidas da região.

Esta Associação, com a ajuda de muitos moradores, há mais de três anos fornece ranchos semanalmente a mais de 60 núcleos familiares, num total de mais de 200 pessoas.

12 março 2018, 14:42