Versão Beta

Cerca

Vatican News
Capital de Mianmar, Naypyidaw, sediou Encontro dos Ministro do Exterior Ásia-Europa. No centro, a Conselheira de Estado Aung San Suu Kyi Capital de Mianmar, Naypyidaw, sediou Encontro dos Ministro do Exterior Ásia-Europa  (AFP or licensors)

Mianmar: uma economia promissora no sudeste asiático, garante especialista do Banco Mundial

Mianmar é o destino da próxima viagem do Papa Francisco à Ásia. Um país com a economia baseada na agricultura e no turismo e que busca seu caminho de desenvolvimento

Bianca Fraccalvieri - Yangun

No próximo dia 26 de novembro o Papa Francisco partirá do Aeroporto Fiumicino rumo a Mianmar, onde permanecerá até o dia 30, quando então parte para o vizinho Bangladesh.

No país do sudeste asiático, de maioria budista, o Pontífice encontrará uma realidade complexa, marcada por contrastes e por anos de ditadura militar, e agora agravada com a crise humanitária da minoria muçulmana rohingya, obrigada a deixar o país e buscar refúgio principalmente em Bangladesh.

O país, com forte potencial agrícola e turístico, é uma economia promissora na Ásia, como destaca o especialista em investimentos privados do Banco Mundial, José Ricardo Silva, em entrevista exclusiva  a nossa enviada especial, Bianca Fraccalvieri:

Especialista do Banco Mundial fala sobre o potencial econômico de Mianmar

A entrevista completa pode ser conferida no Áudio:

Entrevista completa de José Ricardo da Silva

 

 

22 novembro 2017, 15:02