Busca

Vatican News

Paquistão: Caritas ajuda atingidos por inundações com planos de emergência

A passagem de violentas chuvas de monções no país já provocou dezenas de mortes. Na capital, Karachi, as ruas se transformaram em rios devido às inundações. Neste ano, a Caritas inovou no apoio aos atingidos, já que desenvolveu um plano de resposta a emergências em caso de enchentes ao realizar exercitações em algumas áreas para que as comunidades com maior risco conseguissem se ajudar sozinhas.

Vatican News

Ouça a reportagem e compartilhe

As chuvas torrenciais de monções no Paquistão causaram inundações repentinas e a morte de pelo menos 36 pessoas. Os paramilitares se mobilizaram para ajudar os policiais de trânsito para resgatar os motoristas que ficaram presos nos carros pelas ruas alagadas, que viraram rios. Os voluntários da Caritas também se uniram para salvar as pessoas e os bens dos moradores, sobretudo na capital Karachi, a cidade mais populosa do país.

O secretário-executivo da Caritas diocesana, Mansha Noor, relatou à agência de notícias UCA News, que chegaram a ficar presos em casa no domingo (26), "enquanto as pessoas compartilhavam vídeos de motocicletas e até mesmo de carros sendo inundados pelas fortes inundações”. Ele contou que "várias pessoas ficaram feridas quando caíram telhas dos edifícios mais altos" e que "voluntários da linha de frente dos comitês de gestão de desastres continuaram resgatando as pessoas durante as violentas chuvas” nas regiões mais baixas da capital, ajudando a salvar inclusive alguns bens.

Plano de resposta da Caritas

Neste ano, a Caritas procurou desenvolver um plano de resposta a emergências em caso de enchentes, realizando exercitações em algumas áreas para que as comunidades com maior risco conseguissem se ajudar sozinhas. Neste tempo de pandemia, de fato, como explicou Amjad Gulzar, diretor-executivo da Caritas do Paquistão, as enchentes vão tornar ainda mais difícil garantir o sustento da população.

O diretor disse ainda que os comitês foram instruídos “a observar o distanciamento social e os procedimentos operacionais padrões nas operações de resgate e de socorro. O nosso plano de resposta inclui kits de alimentos e de higiene, abrigos e produtos não-alimentícios".

Vatican News - AP

28 julho 2020, 13:43