Busca

Vatican News
Inundações na Indonésia Inundações na Indonésia  (AFP or licensors)

Indonésia, aumenta o número de vítimas das inundações

Na Indonésia, são pelo menos 53 as vítimas das violentas chuvas que atingiram a região de Jacarta esta semana, dezenas de milhares de residentes evacuados de suas casas. Mais de 170.000 pessoas já encontraram abrigo em refúgios. O testemunho de Jacarta do Padre Fernando Abis, missionário xaveriano, pároco da Igreja de Nossa Senhora de Fátima.

Andrea De Angelis, Silvonei José - Cidade do Vaticano

O número de mortos na Indonésia após as inundações na região de Jacarta está aumentando. No último dia do ano e nas horas seguintes, a área foi atingida por chuvas violentas que causaram inundações e grandes deslizamentos de terra em diferentes partes do território. A avaliação inicial foi de trinta vítimas e algumas pessoas desaparecidas, mas hoje as autoridades anunciaram que o número de mortes ultrapassou os cinquenta e pode ainda aumentar nos próximos dias.

O drama das pessoas

Quase duzentas mil pessoas foram obrigadas a deixar suas casas após as inundações desta semana na Indonésia. Muitas ainda estão em abrigos e não sabem quando poderão voltar para suas casas. No total, mais de 170.000 pessoas encontraram abrigo em refúgios: as chuvas torrenciais que começaram na noite de Ano Novo causaram inundações repentinas e deslizamentos de terra tanto na região de Jacarta como na região vizinha de Lebak, no extremo sul da ilha de Java. Neste sábado (04/01), a Agência Nacional de Gestão de Desastres anunciou que ainda há pelo menos uma pessoa desaparecida. O porta-voz da agência, Agus Wibowo, acrescentou que as autoridades visitarão as áreas mais atingidas neste sábado.

"A solidariedade tradicional une-se com a da Igreja"

Uma Igreja sempre pronta a ajudar os atingidos por estas catástrofes naturais, dando assim vida a uma importante solidariedade que se une à solidariedade tradicional indonésia, "onde as relações de vizinhança dão vida a uma ajuda concreta, muito bonita". Foi o que disse à Rádio Vaticano o padre Fernando Abis, missionário xaveriano, pároco da Igreja de Nossa Senhora de Fátima, no bairro chinês de Jacarta. A sua paróquia situa-se numa zona não afetada pelas cheias, mas na região milhares de pessoas foram atingidas pelas chuvas violentas. Para o padre Abis é importante investir mais no cuidado do território, no trabalho de manutenção para evitar tais desastres.

 

04 janeiro 2020, 10:58