Cerca

Vatican News
Encontro Redes em Florianópolis Encontro Redes em Florianópolis 

Vatican News presente no 8° Redes

Vatican News participou do Redes, evento que reuniu comunicadores das principais Instituições públicas brasileiras ocupadas em Redes Sociais.

Padre Arnaldo Rodrigues - Cidade do Vaticano

Nos últimos dias 25 e 26 de abril, realizou-se na cidade de Florianópolis, em Santa Catarina, o 8º Redes WeGov, evento que reuniu os principais responsáveis de comunicação das instituições públicas no Brasil. Estavam presentes as Forças Armadas, Tribunal de Contas, Tribunal Superior Eleitoral, Tribunal Superior do Trabalho, Secretarias, governos dos estados, prefeituras etc.

Vatican News no Redes

Segundo a organização do evento, o Redes WeGov é um evento multitemático que se realiza anualmente desde 2012, pensado para agentes públicos e estudiosos da administração pública, que reconhecem a importância da utilização das redes sociais e da tecnologia na melhoria do relacionamento e prestação de serviços ao cidadão, como forma de viabilizar a transparência na gestão pública.

Nesta 8º edição, o Dicastério da Comunicação do Vaticano, foi convidado a apresentar as mídias sociais do Papa Francisco. É primeira vez em que o Vatican News participa de um evento em que reune instituições públicas brasileiras, empenhadas em inserir-se sempre com mais eficácia dentro das redes sociais.

Os participantes conheceram o objetivo e as etapas da reforma iniciada pelo Francisco para a comunicação da Santa Sé.

Diante de muita curiosidade e atenção, puderam entender o que é o Dicastério para a Comunicação com toda a sua estrutura, as mídias do Papa Francisco e principalmente como é a interação do Papa com aqueles que o seguem. 

O Twitter @pontifex e o Instagram @franciscus e @vaticannews, foram o centro das atenções durante a apresentação. Como são feitos e os impactos diários na vida dos seguidores.

As instituições presentes, puderam perceber que possuem os mesmos desafios que o Vaticano no que diz respeito à gestão da comunicação neste nosso tempo. O relacionamento pessoal nas redes sociais foram temas abordados constantemente, visto que os órgãos públicos são instituições de serviço. O evento serviu para uma troca de informações, onde a partilha de conhecimento era a linha mestra durante os dois dias de encontro.

Outro tema importante abordado neste evento, foram as “Fake News” e manipulação de informações. Como pessoa pública, o Papa também é vitima das fakes, na qual combate constantemente em seus discursos:

“ As fake news tornam-se frequentemente virais, ou seja, propagam-se com grande rapidez e de forma dificilmente controlável, não tanto pela lógica de partilha que carateriza os meios de comunicação social como sobretudo pelo fascínio que detêm sobre a avidez insaciável que facilmente se acende no ser humano. As próprias motivações económicas e oportunistas da desinformação têm a sua raiz na sede de poder, ter e gozar, que, em última instância, nos torna vítimas de um embuste muito mais trágico do que cada uma das suas manifestações: o embuste do mal, que se move de falsidade em falsidade para nos roubar a liberdade do coração. Por isso mesmo, educar para a verdade significa ensinar a discernir, a avaliar e ponderar os desejos e as inclinações que se movem dentro de nós, para não nos encontrarmos despojados do bem «mordendo a isca» em cada tentação. (Papa Francisco – Dia Mundial para as Comunicações 2018) ”

Outro destaque para a apresentação, foi o entendimento do Papa Francisco sobre a principal finalidade da comunicação e o que aconselha para que o desenvolvimento tecnológico sirva para um perfeito progresso humano:

“ A cultura do encontro requer que estejamos dispostos não só a dar, mas também a receber de outros. Os mass-media podem ajudar-nos nisso, especialmente nos nossos dias em que as redes da comunicação humana atingiram progressos sem precedentes. Particularmente a internet pode oferecer maiores possibilidades de encontro e de solidariedade entre todos; e isto é uma coisa boa, é um dom de Deus. (Papa Francisco – Dia Mundial das Comunicações Sociais 2014) ”

Durante os dois dias do evento foram abordaram os seguintes temas:

“Futuro da Comunicação” - André Tamura, WeGov;
“Comunicacao em momentos de crise, a tragédia da Chapecoense – Luciano Buligon, prefeito de Chapecó;
“Tendências do Twitter” – Fernando Gallo, Twitter Brasil;
“Expectativa e realidade, os bastidores das Eleicões de 2018” – Rakell Dimanski, Tribunal Superior Eleitoral;
“Mídias Sociais do Papa, mesmo conteúdo, novas linguagens” – Padre Arnaldo Rodrigues, Vatican News;
“Políticas Públicas e Nova Mobilidade Urbana” – Ana Guerini, aplicativo 99;
“A nova era da Comiunicacao para o setor público” – Adriano Marcandali, Facebook Workplace;
“Quiz Fake News + Época” – André Tamura e Bárbara Libório, WeGov e Época;
“Comunicação pela igualdade” – Marília Taufic, Ministério Público de São Paulo.
 

01 maio 2019, 10:45