Versão Beta

Cerca

VaticanNews
Foto: Arlindo Homem /Terras Sem Sombra Foto: Arlindo Homem /Terras Sem Sombra  (AAAAARLINDHO)

Portugal: Festival Terras sem Sombra de novo no Alentejo

É a 14ª edição do Festival Terras sem Sombra, apresentada esta 4ª feira, 17, em Lisboa, na embaixada da Hungria, país convidado

Domingos Pinto – Lisboa

 É a 14ª edição do Festival Terras sem Sombra, apresentada esta 4ª feira, 17, em Lisboa, na embaixada da Hungria, país convidado.

É uma iniciativa da sociedade civil promovida pela Associação Pedra Angular, e resulta de uma parceria entre várias entidades, com destaque para as autarquias locais.

Partilhar o legado cultural e natural do Alentejo é o grande objetivo, numa perspetiva mais abrangente que passa pela música, pela defesa do património e salvaguarda da biodiversidade.

“Aproximando o Distante: Tradição e Vanguarda na Música Europeia (Séculos XVI-XXI)”, é o mote da edição deste ano, com uma programação que tem como pano de fundo a comemoração em 2018 do Ano Internacional do Património Cultural.

A programação do festival será também apresentada em Budapeste, já na próxima semana, e a entrega do Prémio Internacional Terras Sem Sombra acontece, como tradicionalmente, em Sines, em julho.

Nesta viagem ao conhecimento através da música, a Hungria assume um papel, como protagonista, na atual edição de Terras sem Sombra e, também, do Grupo de Visegrád, formado pela Hungria, pela Polónia, pela República Checa e pela Eslováquia. São também convidados, em 2018, os Estados Unidos da América e Espanha.

Este ano, o número de concertos aumenta, pela primeira vez, para dez, com a incorporação de novos concelhos, como Barrancos ou Elvas, e o regresso a outros como Mértola e Vidigueira.

Assim, esta 14ª edição do festival, de 17 de fevereiro a 8 de julho, vai passar pela Vidigueira, Sines, Santiago do Cacém, Ferreira do Alentejo, Odemira, Serpa, Mértola, Barrancos, Elvas e Beja.

De Lisboa, a reportagem com o nosso correspondente Domingos Pinto.

Festival Terras sem Sombra

 

 

18 janeiro 2018, 15:40