Versão Beta

Cerca

VaticanNews
A torre Burj Khalifa é uma das principais atrações de Dubai A torre Burj Khalifa é uma das principais atrações de Dubai  (AFP or licensors)

A vida dos expatriados brasileiros em Dubai

Em reportagem exclusiva ao Vatican News, sacerdote scalabriniano em Dubai fala das dificuldades de adaptação dos brasileiros nos Emirados Árabes Unidos

Missionário Pe. Olmes Milani - Dubai

Os brasileiros são conhecidos por serem sociais e valorizarem as emoções dos encontros e conversas. Contudo, quando migram para outros países ou são expatriados, principalmente os recém-chegados, sofrem o impacto da solidão e isolamento. Como superar a fase de adaptação e de socialização é quem nos fala a sra. Maria Isabel Falcão

“Meu nome é Maria Isabel, moro em Dubai há quase 6 anos. Estou fora do Brasil há 10 anos, tenho dois filhos um de 19 e uma de 8 anos.

Sou idealizadora de um projeto chamado Café Brasileiro em Dubai e administradora de um grupo de ajuda aos moradores no WhatsApp,  que hoje possui quase 800 membros.

Café Brasileiro  é uma reunião mensal que acontece em diferentes restaurantes em Dubai. Tem o principal objetivo de socializar as pessoas quando chegam. A princípio era feito somente para mulheres,  hoje organizamos encontros também para família.

O primeiro encontro aqui em Dubai  foi na minha casa  logo que cheguei. E em  Janeiro de 2013 fizemos o primeiro Café oficial, com apenas 7 mulheres. Era muito difícil convencer as pessoas a irem.

Organizei alguns encontros nos outros países que morei, mas foi somente aqui em Dubai que a reunião tornou-se um grande acontecimento. Talvez pelo fato de que  estou morando a mais tempo  aqui e então, tive mais oportunidade de persistir na ideia. Hoje recebemos em média 60 pessoas por mês e, em janeiro, vai completar 5 anos. 

Somos um grupo de  5 mulheres organizando estes encontros mas contamos também com a ajuda de várias outras pessoas.

O processo de chegada  é sempre muito difícil. Por exemplo: Uma mulher com filhos demora cerca de 6 meses para botar a "casa em ordem". Isto inclui, casa, escola, vida social etc. Passado este prazo muitas se perguntam, e agora o que eu vou fazer?

O Café Brasileiro serve pra preencher esta lacuna.  Temos vários casos de amizade feitas em nossos encontros que duram muito  além da sua vida em Dubai.

Fazer esse Encontro acontecer não é uma tarefa fácil!  Mas o lado bom, é  saber que muita gente se beneficia,   inclusive nós.

No Café Brasileiro a gente troca experiências, vira amigo, vira família brasileira! Família,  pois será com esses amigos que vamos passar a conviver e a comemorar datas especiais.

Com tudo isso, eu aprendi que ….vida de  expatriado é uma incógnita, e sei  que a qualquer momento podemos ir embora….como é o meu caso agora … Em 2018 estaremos de mudança para Finlândia, mas vamos com a certeza de que pudemos ajudar e ser ajudados.

Gostaria de lembra-los também que temos nossa missa em Português, realizada uma vez por mês que faz grande diferença na nossa vida.”

Parabéns pela bela e oportuna inciativa aqui nos Emirados Árabes Unidos que nos incentiva à acolhida a quem chega e que tenha sucesso também na Finlândia.

Ouça a reportagem do Pe. Olmes Milani
02 janeiro 2018, 11:55