Busca

Vatican News

Missão Laguna Negra 2022 abre inscrições para profissionais de saúde

O Projeto Igreja Irmã foi criado pela CNBB no final do ano de 1972. No início de 1972, a Arquidiocese de Vitória assumiu o Projeto com a Prelazia de Lábrea, como consta no Livro tombo desta Prelazia.

Atendendo ao chamado de Cristo e da Igreja, a Comunidade Epifania em parceria com a Arquidiocese de Vitória e a Prelazia de Lábrea, lança a Missão Laguna Negra 2022, que irá acontecer entre o período de 09 de maio a 1° de agosto de 2022.

Os municípios de Pauini, Tapauá, Canutama e Lábrea, no Amazonas, serão o cenário da Missão Laguna Negra, que visa despertar no voluntário da saúde a vivência da vocação missionária, convivendo, conhecendo, aprendendo e trocando experiências na realidade amazônica das comunidades ribeirinhas e indígenas.

O Barco Hospital Laguna Negra, necessita de profissionais de saúde voluntários para atuarem na região amazônica neste ano de 2022. O projeto desenvolvido desde 2007 pela Comunidade Epifania atende comunidades ribeirinhas e aldeias indígenas. O requisito é ter disponibilidade e formação em uma das especialidades necessárias: médicos, dentistas, enfermeiros, técnicos em enfermagem, técnicos em saúde bucal e outros.

De acordo com a missionária  da Comunidade Epifania, Maria Amélia Carrera, a comunidade organiza a coordenação da missão com apoio da Arquidiocese de Vitória e da Prelazia de Lábrea, por meio do Projeto Igreja-irmã, que realiza coletas para manutenção da viagem, com combustível e alimentação, mas a principal doação é de medicamentos.

"Ao longo da missão, são mais de 6 mil atendimentos. Além de visitas missionárias,  atividades pastorais com as comunidades ribeirinhas e Celebrações Eucaristicas. Por quase dois anos a missão do Barco Hospital precisou ser interrompida por causa da pandemia da Covid-19. E agora com o avanço da vacinação os profissionais da saúde e voluntários poderão estar em missão nas águas do Rio Purus", destaca. 

Barco Hospital

 

Em 2007 a Comunidade Epifania iniciou uma missão na Prelazia de Lábrea com envio de quatro missionárias consagradas para auxílio na formação pastoral na Paróquia São João Batista no Município de Canutama. Na trajetória da missão, o trabalho com a população ribeirinha tornou-se um desafio em meio à realidade precária das necessidades básicas humanas destes povos. E em janeiro 2007, ao realizar uma visita à Casa de Missão em Canutama, e deparando-se com este desafio, Doris Pereira de Almeida, fundadora da Comunidade, sentiu uma inspiração para iniciar um trabalho direcionado especificamente à população carente através de um Barco-Hospital que percorreria a calha do Rio Purus com a finalidade de levar atendimento médico e odontológico a essa comunidade.

A situação da saúde no local é alarmante. As sedes dos municípios dispõem de pequenos hospitais, que funcionam sem nenhuma estrutura. É fácil presenciar pessoas morrendo devido à picada de cobra por falta de soro antiofídico nos hospitais da região. As doenças tropicais, muito comuns nas enchentes e vazantes, fazem verdadeiros estragos, principalmente com as crianças.

Projeto Igreja Irmã: Arquidiocese de Vitória e a Prelazia de Lábrea

 

O Projeto Igreja Irmã foi criado pela CNBB – Conferência Nacional dos Bispos do Brasil – no final do ano de 1972. No início de 1972, a Arquidiocese de Vitória assumiu o Projeto com a Prelazia de Lábrea, como consta no Livro tombo desta Prelazia. Ou seja, neste ano de 2022 celebra-se 50 anos anos desta fraterna relação entre a Prelazia de Lábrea (AM) e a Arquidiocese de Vitória. Ao longo destes anos, aconteceram diversas visitas e diálogos entre os bispos anteriores da Arquidiocese e da Prelazia, bem como mudanças na dinâmica do Projeto visando ampliar e qualificar sua ação.

Prelazia de Lábrea está situada no centro-sul ocidental do Estado do Amazonas e pertence ao regional Noroeste da CNBB. Quatro municípios com uma extensão territorial de 232.240,0Km², quase o tamanho do estado de São Paulo. A Prelazia é composta por quatro paróquias: N. Sra. de Nazaré (Lábrea), São João Batista (Canutama), Santo Agostinho (Pauini) e Santa Rita (Tapauá) e uma área missionária (entre Canutama e Tapauá).

Os projetos missionários desenvolvidos na Amazônia com o generoso apoio das Igrejas Irmãs servem de sinal, recordação e incentivo para que toda a Igreja no Brasil seja, de fato, missionária, ‘em estado permanente de missão’. O objetivo do Projeto Igrejas-irmãs é partilhar a fé, os dons da graça, as experiências pastorais, pessoas e recursos financeiros como gestos de caridade cristã para com as Igrejas da Amazônia.

Link para inscrições: https://epifania.org.br/inscricoes-missao-laguna-negra-2022/

*Com Comunidade Epifania

14 janeiro 2022, 12:48