Busca

Vatican News
Ex-primaz da Polônia, cardeal Stefan Wyszynski  Ex-primaz da Polônia, cardeal Stefan Wyszynski  

Cardeal Wyszyński e madre Czacka eram unidos pela santidade, dizem bispos poloneses

A Igreja na Polônia prepara-se para a beatificação do cardeal Wyszyński - considerado um Santo e um pai da pátria, por ele defendida tanto do nazismo como do comunismo - e da madre Elżbieta Róża Czacka (1876-1961), fundadora da Congregação das Irmãs Franciscanas Servas da Cruz.

Vatican News

“Que os Servos de Deus, o cardeal Stefan Wyszynski e a madre Elżbieta Czacka, nos ajudem a interpretar suas intuições proféticas ao enfrentar os atuais desafios pastorais da Igreja de Cristo na Polônia”.

Este é o cerne da carta pastoral que os bispos poloneses escreveram por ocasião da iminente beatificação que terá lugar no dia 12 de setembro, e que será lida em todas as igrejas de o país, como especificado no site da Conferência Episcopal da Polônia.

 

Os bispos escreveram na carta que essas importantes figuras confiaram seu caminho de santidade à Mãe e quiseram servir a Deus e aos homens como Maria. Os bispos também destacaram que Deus uniu essas duas pessoas, que eram tão diferentes, e por meio delas fez grandes coisas.

“As palavras do primaz: ‘Soli Deo’ e da madre: ‘Pela Cruz ao Céu’, são atuais até hoje. Indicam-nos o caminho. Não há outro modo de buscar”, conclui a carta.

Falecido há 40 anos, aos 28 de maio de 1981, o cardeal Wyszyński é considerado um Santo por sua nação e um pai da pátria, por ele defendida tanto do nazismo como do comunismo. O amor pela Igreja custou-lhe a prisão onde, de 1953 a 1956, foi submetido a torturas e violências. Em 19 de dezembro de 2017, o Papa Francisco reconheceu suas virtudes heroicas, enquanto em 2019 foi comprovado o milagre por sua intercessão, ou seja, a cura de uma jovem com câncer na tireoide.

Madre Elżbieta Róża Czacka (1876-1961) fundou a Congregação das Irmãs Franciscanas Servas da Cruz que se dedica, de modo particular, ao serviço das pessoas com deficiência visual.

Vatican News Service - RB

27 agosto 2021, 13:10