Busca

Vatican News
Missionárias da Caridade pedem libertação do padre Stan Swamy Missionárias da Caridade pedem libertação do padre Stan Swamy 

Pe. Swamy com Covid-19. Jesuítas pedem orações por sua saúde

Na manhã do sábado, 29 de maio, padre Frazer Mascarenhas havia visitado padre Swamy no hospital, confirmando que estava fraco, mas estável, demonstrando um certo alívio.

Vatican News

Ouça e compartilhe!

"Fomos informados que o padre Swamy é agora um paciente com Covid-19, mas nenhum outro detalhe sobre sua saúde foi divulgado. Agora, podemos apenas rezar para que ele se recupere logo."

Foi o que afirmou à Agência UCA News o sacerdote A. Santhanam, advogado jesuíta no Estado de Tamil Nadu, que acompanha o caso do padre Stan Swamy, sacerdote de 84 anos, ativista pelos direitos humanos dos povos indígenas, detido em uma prisão na Índia desde outubro passado, acusado de terrorismo e sedição. O religioso, considerado culpado de cumplicidade com os rebeldes maoístas, sempre rejeitou as acusações e já há algum tempo, mais vozes se levantam pedindo sua libertação, não somente da Igreja indiana, mas também de outros países.

 

Em 28 de maio, por decisão do Supremo Tribunal de Mumbai, o padre Swamy foi transferido para o hospital Sagrada Família, administrado pela Igreja, devido à deterioração de suas condições de saúde. Na verdade o já idoso sacerdote sofre, além da doença de Parkinson, de problemas auditivos e outras enfermidades relacionadas com a idade que o obrigam a pedir ajuda até para ir ao banheiro.

A mídia, citando funcionários da prisão, informou que o jesuíta havia sido vacinado contra o coronavírus na prisão de Taloja em 18 de maio e que seus familiares, na segunda semana do mesmo mês, haviam pedido sua libertação - por temerem que tivesse contraído a Covid-19.

“Apelamos a todos para que rezem pela rápida recuperação do Padre Swamy, que agora sofre da Covid-19 e de outras doenças”, concluiu o padre Santhanam, falando também da preocupação dos jesuítas pelo estado de saúde do religioso.

Vatican News Service - AP

01 junho 2021, 11:36