Busca

Vatican News
Dom Jacques Behnan Hindo Dom Jacques Behnan Hindo 

Faleceu Dom Hindo o bispo sírio que ficou ao lado do povo

O prelado faleceu após uma longa doença. A Igreja síria lembra dele como pastor que ficou sempre ao lado de seu povo e lutava pela presença cristã no país

Vatican News

Faleceu aos 80 anos Dom Jacques Behnan Hindo, bispo emérito da arquieparquia católica síria de Hassakè-Nisibi. Padre Amer Kassar, sacerdote católico sírio da Igreja de Nossa Senhora de Fátima em Damasco o recorda como “um homem de Deus no difícil tempo da guerra", um bispo que ficou ao lado seu povo mesmo quando o Estado islâmico entrou na cidade, dando testemunho "a nós cristãos, até mesmo aos sacerdotes, lembrando-nos de não fugir, de ficar com nosso povo".  

Defesa dos cristãos na Síria

Ordenado sacerdote em 1969, Dom Hindo foi nomeado Arcebispo de Hassaké-Sisibi em 1996. Sua ordenação episcopal no ano seguinte e a demissão por motivos de saúde e limite de idade data de 2019. O prelado, recorda AsiaNews, nunca deixou de fazer ouvir sua voz em defesa dos cristãos e da população síria. No passado, ele havia lutado contra o fechamento de algumas escolas cristãs na região curda autônoma do nordeste da Síria, não reconhecida por Damasco.

Recordado como uma figura de grande valor, o Padre Amer destaca que Dom Hindo "desempenhou um papel de mediador entre árabes e curdos, entre muçulmanos e cristãos, permanecendo sempre em Hassaké, e que ele não abandonou mesmo quando o ISIS estava às portas" agindo sempre no diálogo e no encontro. Ele também promoveu projetos para o desenvolvimento da área, incluindo moradia para jovens, para combater o despovoamento das áreas cristãs, assim como para a Cáritas e no âmbito da educação.

 

08 junho 2021, 11:29