Busca

Vatican News
Comunidade Rabi Comunidade Rabi  

Comunidade Rabi alcança o Brasil com as orações das mulheres

Durante o mês de maio a Comunidade de Aliança Rabi, da Diocese de Campos (RJ) realizou todas as manhãs o Projeto Desperta Mulher, um momento oracional conduzido pela fundadora Clédima de Aguiar que atingiu mulheres de todo o Brasil com testemunhos de graças. O alcance foi tão positivo que dará continuidade até o fim do ano, todas terças feiras. As orações trouxeram autoestima e cura do psicológico afetado pela pandemia.

Ricardo Gomes – Diocese de Campos

“Vamos clamar, meditar e orar com a palavra, orar umas pelas outras... Afinal somos mulheres Rabi, testemunhas do Ressuscitado.” Clédima de Aguiar, fundadora da Comunidade de Aliança Rabi

Orações que alcançaram o coração de mulheres em todo o Brasil. O Projeto Desperta Mulher da Comunidade de Aliança Rabi levou o conforto e auto estima a mulheres que estavam vivenciando os impactos da pandemia e do isolamento social. As orações realizadas sempre às 6h conduzidas pela fundadora da comunidade, Clédima de Aguiar devem continuar acontecendo todas terças-feiras até o fim do ano.

O Desperta Mulher foi marcado pelo compartilhamento de orações, experiências que transformam realidades de mulheres que perderam a autoestima e com as orações descobriram a alegria de viver e estar na família e em família. Os testemunhos foram aumentando a cada dia. Perdas de familiares que impactavam e nas orações o conforto e a consolação. Maria da Graça Bairral Neves destaca a importância do momento oracional neste tempo tão difícil.

Clédima de Aguiar
Clédima de Aguiar

“A Comunidade Rabi tem realizado um belíssimo e grandioso trabalho missionário e carismático onde a Clédima e demais membros da Comunidade tem tocado os corações de inúmeros cristãos afastados e resgatado muitas vidas para Deus. Cledima mostra através de atividades pastorais o quanto é bom servir a Deus. Uma comunidade muito ativa, conde os eventos acontecem com a participação de pessoas de toda Região e no último Mês de Maio, mês de Maria e mês das Mães, ela realizou através de Lives todos os dias, às 6 horas da manhã o Projeto Desperta Mulher, com orações, meditações e reflexões, tocando nossos corações para um despertar animado e abençoado de todas nós para mais um dia de luta e batalha”, ressalta Maria da Graça.

“O Desperta Mulher foi um encontro maravilhoso. Momento de meditar a Palavra, rezarmos juntas por todas as situações, de nos curarmos com essas orações, de aprendermos, pois foi também uma grande Catequese! Rabi, Mestre ensina-nos! Graças a Deus, pela continuidade do Desperta Mulher!” Alda Maria Antunes Bustamante.

Testemunhos revelam como foi positivo acordar cedo para partilhar as dores e angustias. Ana Paula Freitas revela que diante da perda da mãe estar em oração no Desperta Mulher sentiu fortalecida mesmo diante do sofrimento. E sentiu forte para encarar a dura e triste realidade.

“Fui despertada para rezar o terço e passei a rezar na minha comunidade. Também aprendi no Desperta Mulher a rezar por mim primeiro para estar preparada para rezar pelos outros e ajudaras que precisem”, revela Ana Paula.

Membro da Comunidade Rabi
Membro da Comunidade Rabi

Autoestima: voltar a alegria de ser mulher

Diante da perda da minha mãe, estar todos os dias orando no Desperta Mulher me fortalece e me sustenta a cada dia.” Ana Paula.

Voltar a se sentir bonita. Precisavam de um estimulo a se arrumarem, o batom, ajeitar o cabelo, atitudes simples, mas que fazem a diferença no cotidiano. Muitas mulheres estavam esquecendo esses detalhes, mas o Desperta Mulher trouxe novas perspectivas.

Evangelizar através das Redes Sociais

Com a pandemia e o fechamento das igrejas as celebrações com presença de fiéis a Comunidade de Aliança Rabi está evangelizando através das Redes Sociais e o resultado é o alcance muito maior com os encontros de oração chegando muito além dos limites da Diocese de Campos. Uma rede de mulheres em oração diariamente pedindo pelo fim da pandemia e consolando as famílias que estão convivendo com a dor da perda de familiares e amigos e entregando a proteção divina o tempo atual de sofrimento, dor e incertezas. Nas páginas o testemunho de mulheres que encontraram a esperança de que tudo está chegando ao fim.

“Tenho assistido o Desperta Mulher depois, mais tarde, mas a espiritualidade é tão forte que me sinto ao vivo. Agradeço a Deus pela vida da Cledima, por sua bondade em partilhar conosco tanto conhecimento da Palavra de Deus, por sua intercessão por nós, nossa família e nossa casa, por sua doação à Comunidade de Aliança Rabi.” Alda Maria Antunes Bustamante.

17 junho 2021, 14:44