Busca

Vatican News
Bento XVI em visita ao continente africano Bento XVI em visita ao continente africano 

Ouagadougou homenageia Bento XVI com nome de rua

"Ao dedicar este caminho a um grande pastor como Bento XVI, levamos esperança a Burkina Faso, à África e ao mundo", promovendo "o espírito de diálogo, de reconciliação, da justiça e a paz no coração de todos os homens”, disse o arcebispo de Ouagadougou, cardeal Philippe Ouédraogo.

Vatican News

Ouça e compartilhe!

Em Ouagadougou, a rua 54.160 que passa em frente à Nunciatura Apostólica, passa a ser dedicada ao Papa emérito Bento XVI.

O núncio apostólico em Burkina Faso e Níger, arcebispo Michael Francis Crotty - presente na cerimônia realizada em 11 de junho, na presença de autoridades políticas, eclesiásticas e militares - explicou os motivos da homenagem: “É um sinal de agradecimento ao Papa, hoje emérito, que erigiu a Nunciatura Apostólica em Ouagadougou em 12 de junho de 2007 e, no mesmo dia, nomeou Dom Vito Rallo como o primeiro núncio apostólico residente no país”.

Agradecendo à Prefeitura pela "honra" concedida ao Pontífice emérito, o prelado disse estar particularmente satisfeito pelo fato de a Reitoria da Universidade Católica da África Ocidental (UCAO) estar situada no prolongamento da "Rua Bento XVI".

“Estou feliz – afirmou ele - que a sede da UCAO tenha a partir de agora, como endereço físico, o nome do Papa Bento XVI, conhecido por sua inteligência e vigor intelectual, bem como por sua dedicação à busca da verdade”. “Espero que todos os vossos esforços acadêmicos - concluiu o núncio, dirigindo-se aos membros da Universidade - sejam inspirados pelos esforços do Pontífice emérito”.

No mesmo sentido, o arcebispo de Ouagadougou, cardeal Philippe Ouédraogo, que destacou que "ao dedicar esta rua a um grande pastor como Bento XVI, levamos esperança a Burkina Faso, à África e ao mundo", promovendo "o espírito de diálogo, de reconciliação, da justiça e a paz no coração de todos os homens”. “Façamos deste caminho - concluiu - um lugar onde a paz desperte a fé”.

Uma esperança reafirmada pelo prefeito de Ouagadougou, Armand Pierre Béouindé, que definiu Bento XVI como “um homem que sempre trabalhou pela reconciliação entre os povos, o diálogo inter-religioso e pela fé”.

Vatican News Service - IP

14 junho 2021, 13:13