Busca

Vatican News
Orani João, Cardeal Tempesta Orani João, Cardeal Tempesta 

Ação Solidária Emergencial: “É Tempo de Cuidar”

Seguindo o apelo do Papa Francisco, Ação Solidária Emergencial “É Tempo de Cuidar” nos incentiva a praticarmos a caridade e solidariedade, em benefício de nossos irmãos e irmãs que passam por dificuldades.

Orani João, Cardeal Tempesta, O. Cist. - Arcebispo Metropolitano de São Sebastião do Rio de Janeiro, RJ

Começou neste dia 8 de junho, a segunda etapa da Ação Solidária Emergencial “É Tempo de Cuidar”, uma campanha incentivada pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), para arrecadação de alimentos em prol de famílias carentes brasileiras. A ação segue até sábado, dia 12 de junho com apoio de várias entidades. Aqui em nossa Arquidiocese já estamos desenvolvendo o incremento das doações e, com alegria nos unimos a mais esse gesto. Nossas paróquias, entidades e pastorais sociais, novas comunidades e tantos outros grupos estarão se engajando ainda mais esse trabalho social. Já começamos há mais tempo e iremos continuar mesmo depois do próximo sábado, porém, nesta semana gostaríamos de dar um bom passo nessa missão de caridade.

O mês de junho é um mês especial, pois é repleto de celebrações. É dedicado ao Sagrado Coração de Jesus, uma data móvel que ocorre sempre na segunda sexta-feira após a solenidade de Corpus Christi, esse ano em 11 de junho. Também celebramos os quatro grandes santos católicos: Santo Antônio, São João Batista e São Pedro e São Paulo. Em nossa Arquidiocese, também celebramos a XXVI Jornada de Oração pela Santificação dos Sacerdotes, no dia 10 com os próprios sacerdotes, desta vez pelas plataformas digitais, e no dia 11, com todo o povo que reza pelos seus padres para que sejam santos.

Seguindo o apelo do Papa Francisco, Ação Solidária Emergencial “É Tempo de Cuidar” nos incentiva a praticarmos a caridade e solidariedade, em benefício de nossos irmãos e irmãs que passam por dificuldades, especialmente, em um ano tão difícil, como esse período da pandemia da Covid-19, que ceifou centenas de milhares de vidas e acentuou o desemprego em nossa sociedade. Houve um aumento de necessitados e os doadores diminuíram devido ao momento econômico atual. Porém a Igreja continua firme em sua missão partilhando o que tem com todos os que necessitam sem fazer nenhuma acepção de crença, ideologia, partido.

Pessoa necessitada
Pessoa necessitada

Vamos pedir para que o Espírito Santo possa iluminar nossos gestos e, por meio da oração, transformarmos nossa fé em ação concreta de amor ao próximo. Coloquemos nossas intenções em cada alimento doado, convidando nossos vizinhos e irmãos e irmãs de caminhada de oração, a contribuir um algum alimento não perecível, para que seja entregue em nossas Paróquias da Arquidiocese. O pouco de cada um faz com se consiga alimentos para muitos.

Quem tem fome, tem pressa e precisa de socorro imediato. Em nossa Arquidiocese, temos ações contínuas voltadas ao acolhimento de famílias carentes. Temos também a promoção humano com trabalho e renda sendo efetuado, além da luta por uma sociedade mais justa em suas leis e decisões. Agora, diante do agravamento do quadro de insegurança alimentar e do desemprego, convido todos os nossos presbíteros, diáconos, religiosos, consagrados e povo Santo de Deus da Arquidiocese a promover ações nos próximos dias, durante as celebrações e atividades paroquiais, para incentivar a adesão à campanha de Ação Solidária Emergencial.

Quem acompanha as missas e programação nas TVs e rádios católicos, bem como pelas redes sociais e internet, já assistiram às peças da campanha, vídeo e spot, que estão sendo veiculados desde o dia 1 de junho, para motivar a realização de ações nas dioceses e pastorais. O vídeo e o spot poderão ser baixados neste portal da CNBB, no seguinte endereço: www.cnbb.org.br/tempodecuidar.

A CNBB e Caritas Brasileira, organizadores da campanha, pedem que sejam feitos registros em vídeo das doações recebidas, para desta forma podermos realizar a devida prestação de contas da campanha e incentivar as doações em todos os cantos do Brasil. Em nossa Arquidiocese, já se tornou tradição a realização de campanhas de arrecadação de alimentos, quentinhas, roupas, cobertores e outros objetos para quem mais precisa, inclusive a que foi recentemente iniciada dos cobertores para o inverno. Por isso, faremos uma força tarefa especial no dia 12 de junho, próximo sábado, para que sejam intensificadas as coletas de doações em todas as Igrejas da ArqRio.

Pessoa necessitada
Pessoa necessitada

Em nossas orações, vamos pedir ao Sagrado Coração de Jesus que faça cessar essa pandemia, para que nunca falte o pão de cada dia na mesa das famílias, e que logo possamos estar com nossas Igrejas cheias, rezando e agradecendo a Deus pela superação de tantas dificuldades pelas quais o nosso País atravessa.

No ano passado tivemos uma bela demonstração de solidariedade e, neste ano, mesmo com mais dificuldades vemos a generosidade superar as barreiras econômicas. Peçamos a Deus para multiplicar as doações e que as doações sejam em número suficiente para alimentar e acolher todos aqueles que estão passando necessidade. E que aqueles de doam generosamente experimentem também em suas vidas a providência de Deus de nada faltar à sua mesa.

Cristo nos convida à vivência da fé na prática, para que nunca falte pão e trabalho para as famílias brasileiras. Creiamos em dias melhores, livres da pandemia da Covid-19, com emprego para todos e saúde.

09 junho 2021, 15:50