Busca

Vatican News
Crucifixo vandalizado na Paróquia Santo Atanásio, no Brooklyn. (Foto: Saint Athanasius Parish) Crucifixo vandalizado na Paróquia Santo Atanásio, no Brooklyn. (Foto: Saint Athanasius Parish) 

Atos de vandalismo na Diocese do Brooklyn

Atos de vandalismo contra igrejas e símbolos católicos nos Estados Unidos tiveram lugar, em particular, no ano de 2020.

Vatican News

Ouça e compartilhe!

Uma estátua do Menino Jesus decapitado nos braços da Virgem Maria e um Crucifixo jogado ao chão e danificado: são estes os dois atos de vandalismo que, entre 14 e 17 de maio, foram verificados na Diocese de Brooklyn, nos Estados Unidos. O primeiro ocorreu no terreno dos Escritórios administrativos diocesanos, enquanto o segundo foi perpetrado na Igreja de Santo Atanásio, em Bensonhurst.

Imediata a reação da diocese que expressou forte apreensão pelo ocorrido: "Estamos muito preocupados – afirmou Dom Anthony M. Hernandez, moderador da Cúria diocesana - que o que aconteceu tenha sido um crime de ódio contra os católicos".

Neste sentido, o apelo a todas as igrejas a “estarem alertas”, e o pedido à polícia para “aumentar as patrulhas de vigilância nas áreas onde existem locais de culto”. “O ódio e a intolerância contra a fé católica ou contra qualquer outra fé - concluiu Dom Hernandez - não têm lugar aqui ".

Na mesma linha, o pároco de Santo Atanásio, Monsenhor David Cassato, o primeiro a encontrar o Crucifixo derrubado e danificado: a descoberta deste "ato de ódio – disse ele - representou o dia mais triste dos meus vinte anos na paróquia". Felizmente, acrescentou, "o ódio nunca vence. Somos e devemos ser uma comunidade que continua a compartilhar a mensagem do Ressuscitado, a do amor, da esperança e do perdão”.

Neste meio tempo a diocese já tomou medidas para restaurar as duas esculturas vandalizadas, que em breve serão recolocadas em seu lugar, enquanto na última sexta-feira, os fiéis participaram de um momento de oração comunitária.

Vatican News Service - IP

20 maio 2021, 07:11